Cu­ba e União Eu­ro­peia as­si­nam pri­mei­ro acor­do bi­la­te­ral

Africa21 - - Antena21 -

A União Eu­ro­peia (UE) e Cu­ba as­si­na­ram a 12 de de­zem­bro o seu pri­mei­ro acor­do bi­la­te­ral, de diá­lo­go po­lí­ti­co e co­o­pe­ra­ção, com o qual o blo­co põe fim à «po­si­ção co­mum», que im­pu­nha uma re­la­ção uni­la­te­ral e res­tri­ti­va com a ilha des­de 1996. As ne­go­ci­a­ções do acor­do co­me­ça­ram em abril de 2014 e ter­mi­na­ram em mar­ço de 2016, após se­te en­con­tros. «Ho­je re­co­nhe­ce­mos que há mu­dan­ça em Cu­ba e qu­e­re­mos acom­pa­nhar es­ta mu­dan­ça, le­var a re­la­ção pa­ra um no­vo ní­vel», afir­mou a al­ta re­pre­sen­tan­te da UE pa­ra as Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, Fe­de­ri­ca Moghe­ri­ni, na ce­ri­mó­nia de as­si­na­tu­ra do do­cu­men­to. O mi­nis­tro cu­ba­no das Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, Bru­no Ro­drí­guez, e re­pre­sen­tan­tes dos 28 paí­ses da or­ga­ni­za­ção co­mu­ni­tá­ria eu­ro­peia as­sis­ti­ram ao ato. O acor­do «se­gu­ra­men­te con­tri­bui­rá pa­ra de­sen­vol­ver os vín­cu­los po­lí­ti­cos, so­ci­ais, fi­nan­cei­ros, aca­dé­mi­cos, des­por­ti­vos e de co­o­pe­ra­ção», dis­se Ro­drí­guez, pa­ra quem o pac­to fa­rá uma «mo­des­ta con­tri­bui­ção pa­ra o equi­lí­brio, o en­ten­di­men­to, a jus­ti­ça e a paz nes­ta épo­ca con­tur­ba­da de cres­cen­tes pe­ri­gos pa­ra a es­pé­cie hu­ma­na». Com a as­si­na­tu­ra des­te acor­do, a UE aban­do­na a «po­lí­ti­ca co­mum», apro­va­da em 1996, que im­pe­dia qual­quer ne­go­ci­a­ção do blo­co com o Go­ver­no cu­ba­no en­quan­to não hou­ves­se o que os eu­ro­peus cha­ma­vam de «avan­ços» no cam­po dos di­rei­tos hu­ma­nos den­tro da ilha. A ati­tu­de era vis­ta por Ha­va­na co­mo um obs­tá­cu­lo à nor­ma­li­za­ção dos con­tac­tos. «Vi­rá­mos a pá­gi­na e ho­je co­me­ça­mos a es­cre­ver jun­tos um no­vo ca­pí­tu­lo», in­di­cou a al­ta re­pre­sen­tan­te da UE. A di­plo­ma­ta afir­mou que o acor­do aju­da­rá as par­tes a «apro­vei­ta­rem ple­na­men­te o po­ten­ci­al de diá­lo­go e co­o­pe­ra­ção» e que é «o ins­tru­men­to pe­lo qual a UE po­de apoi­ar me­lhor a mo­der­ni­za­ção so­ci­al e eco­nó­mi­ca de Cu­ba». Já o go­ver­nan­te cu­ba­no dis­se que, «com boa von­ta­de e re­ci­pro­ci­da­de, é pos­sí­vel avan­çar so­bre as di­fe­ren­ças». «Es­ta­mos aber­tos à cons­tru­ção de uma no­va eta­pa nas re­la­ções so­bre as ba­ses do res­pei­to e da re­ci­pro­ci­da­de», afir­mou. Ro­drí­guez tam­bém re­co­nhe­ceu «o im­pul­so das com­pa­nhi­as eu­ro­pei­as» que acom­pa­nha­ram Cu­ba «nos mo­men­tos mais di­fí­ceis».

Bru­no Ro­drí­guez e Fe­de­ri­ca Moghe­ri­ni

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.