[CRONOLOGIA]

Africa21 - - República Democrática Do Congo -

DE­ZEM­BRO DE 2016

Dia 1: Re­a­li­zam-se as elei­ções pre­si­den­ci­ais na Gâm­bia, nas quais o Pre­si­den­te en­tão em fun­ções, Yahya Jam­meh, dis­pu­ta­va o seu quin­to man­da­to. No fim do dia, a Co­mis­são Elei­to­ral anun­cia que o prin­ci­pal can­di­da­to da opo­si­ção, Ada­ma Bar­row, ti­nha ven­ci­do as elei­ções, com 45,5% dos vo­tos, con­tra 36,6% de Yahya Jam­meh. Pa­ra sur­pre­sa ge­ral, es­te úl­ti­mo te­le­fo­na ao ven­ce­dor das elei­ções pa­ra fe­li­ci­tá-lo.

Dia 2: O Pre­si­den­te ces­san­te dei­xa de ser vis­to em pú­bli­co.

Dia 5: Um gru­po de pre­sos po­lí­ti­cos é pos­to em li­ber­da­de, por or­dem de um tri­bu­nal gam­bi­a­no. Dia 9: Yahya Jam­meh vol­ta atrás e re­jei­ta os re­sul­ta­dos elei­to­rais, apre­sen­tan­do um pro­tes­to jun­to do Tri­bu­nal Su­pre­mo, que não fun­ci­o­na­va há um ano.

Dia 13: A pri­mei­ra mis­são de me­di­a­ção da CEDEAO che­ga a Ban­jul pa­ra ten­tar con­ven­cer Jam­meh a en­tre­gar pa­ci­fi­ca­men­te o po­der. Re­gres­sou de mãos va­zi­as. Cria-se uma si­tu­a­ção de in­de­fi­ni­ção e in­se­gu­ran­ça.

JA­NEI­RO DE 2017

Dia 10: O Tri­bu­nal Su­pre­mo re­cu­sa-se a apre­ci­ar o re­cur­so apre­sen­ta­do pe­lo che­fe de Es­ta­do ces­san­te, ten­do o pre­si­den­te do re­fe­ri­do ór­gão ju­di­ci­al se re­fu­gi­a­do no Se­ne­gal.

Dia 13: Uma de­le­ga­ção da CEDEAO, in­te­gra­da pe­los Pre­si­den­tes da Ni­gé­ria e Ser­ra Le­oa e pe­lo ex-Pre­si­den­te do Ga­na, des­lo­ca-se pe­la se­gun­da vez à ca­pi­tal da Gâm­bia, pa­ra con­ven­cer Jam­meh a acei­tar a der­ro­ta elei­to­ral. No­vo fra­cas­so. A mis­são da CEDEAO re­ti­ra o Pre­si­den­te elei­to, Ada­ma Bar­row, de Ban­jul, le­van­do-o pa­ra Ba­ma­ko, ca­pi­tal do Ma­li, on­de se re­a­li­za­va a ci­mei­ra Fran­ça-Áfri­ca. Bar­row con­so­li­da o apoio re­ce­bi­do dos lí­de­res afri­ca­nos, as­sim co­mo do Pre­si­den­te fran­cês, Fran­çois Hol­lan­de. Após a ci­mei­ra de Ba­ma­ko, re­fu­gia-se em Da­kar.

Dia 17: A vi­ce-pre­si­den­te da Gâm­bia e ou­tros qua­tro mi­nis­tros aban­do­nam o Go­ver­no de Yahya Jam­meh. O Pre­si­den­te ces­san­te de­cla­ra o es­ta­do de emer­gên­cia, ale­gan­do a exis­tên­cia de «um ní­vel de in­ge­rên­cia es­tran­gei­ra sem pre­ce­den­tes». Es­tá ca­da vez mais so­zi­nho.

Dia 18: A CEDEAO so­li­ci­ta ao Con­se­lho de Se­gu­ran­ça das Na­ções Uni­das au­to­ri­za­ção pa­ra in­ter­vir mi­li­tar­men­te na Gâm­bia. O CS con­cor­da. Sol­da­dos se­ne­ga­le­ses po­si­ci­o­nam-se jun­to à fron­tei­ra. Na tar­de des­se dia, o Pre­si­den­te mau­ri­ta­no, Moha­med Ould Abdel Aziz, des­lo­ca-se a Ban­jul, num úl­ti­mo es­for­ço pa­ra con­ven­cer Yahya Jam­meh, sem êxi­to. À meia-noi­te, reú­ne-se em Da­kar com Ada­ma Bar­row e o Pre­si­den­te do Se­ne­gal, Macky Sall.

Dia 19: Os mi­li­ta­res se­ne­ga­le­ses, num to­tal de 1500 ho­mens, atra­ves­sam a fron­tei­ra e po­si­ci­o­nam-se em Fa­ra­fe­ni e Se­le­ti, a du­as ho­ras de Ban­jul. Aguar­dam luz ver­de da CEDEAO pa­ra avan­ça­rem.

Dia 20: O pre­si­den­te elei­to, Ada­ma Bar­row, to­ma pos­se na em­bai­xa­da da Gâm­bia em Da­kar. Ma­ni­fes­tan­tes sa­em à rua, em Ban­jul, pa­ra sau­dar o no­vo pre­si­den­te e exi­gi­rem a saí­da de Yahya Jam­meh. O che­fe do Es­ta­do-Mai­or das for­ças ar­ma­das gam­bi­a­nas, Ous­ma­ne Bad­jie, jun­ta-se aos ma­ni­fes­tan­tes. A CEDEAO en­via no­va mis­são à ca­pi­tal da Gâm­bia, pa­ra con­ven­cer o Pre­si­den­te ces­san­te a en­tre­gar o po­der e a dei­xar o país. Aban­do­na­do por to­dos, Jam­meh con­cor­da.

Dia 21: Yahya Jam­meh par­te pa­ra a Gui­né Co­na­cri, le­van­do con­si­go, se­gun­do os seus opo­si­to­res, 11 mi­lhões de dó­la­res re­ti­ra­dos aos co­fres do Es­ta­do. De Co­na­cri, par­te pa­ra a Gui­né Equa­to­ri­al, on­de fi­ca­rá exi­la­do.

Dia 26: Ada­ma Bar­row, no­vo Pre­si­den­te da Gâm­bia, re­gres­sa ao país, a fim de as­su­mir o po­der. É re­ce­bi­do em fes­ta nas ru­as de Ban­jul. Um no­vo ci­clo co­me­ça no país.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.