Epi­de­mia de fe­bre-ama­re­la

Che­ga ao fim em An­go­la e na RDC

Africa21 - - Aos Leitores -

A re­cen­te epi­de­mia de fe­bre-ama­re­la, que afe­tou An­go­la e a Re­pú­bli­ca De­mo­crá­ti­ca do Con­go des­de o fim de 2015, che­gou ao fim, ga­ran­te a Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de (OMS), em co­mu­ni­ca­do di­vul­ga­do no mês pas­sa­do em Ge­ne­bra. Um pou­co me­nos de mil ca­sos, no to­tal, fo­ram re­gis­ta­dos nos dois paí­ses até me­a­dos de 2016, ten­do mais de 400 pes­so­as fa­le­ci­do de­vi­do à do­en­ça. Co­mo há mais de seis me­ses que não é ve­ri­fi­ca­do ne­nhum ca­so quer em An­go­la quer na RDC, a OMS con­si­de­ra ter che­ga­do ao fim aque­la que foi a mais gra­ve cri­se de fe­bre-ama­re­la em Áfri­ca nos úl­ti­mos anos. Pa­ra tal, os dois paí­ses re­a­li­za­ram um gi­gan­tes­co es­for­ço de va­ci­na­ção. Se­gun­do da­dos das au­to­ri­da­des sa­ni­tá­ri­as an­go­la­nas e con­go­le­sas, a va­ci­na­ção con­tra a fe­bre-ama­re­la atin­giu 30 mi­lhões de pes­so­as, das quais 11 mi­lhões nas ca­pi­tais dos dois paí­ses (qua­tro mi­lhões em Lu­an­da e se­te mi­lhões em Kinsha­sa). O es­for­ço de va­ci­na­ção foi de tal or­dem que os de va­ci­na es­go­ta­ram-se em di­ver­sos mo­men­tos ao lon­go da cam­pa­nha.

stocks

JEF­FREY FELTMAN, se­cre­tá­rio-ge­ral ad­jun­to da ONU pa­ra os as­sun­tos po­lí­ti­cos

A situação na Áfri­ca Oci­den­tal diz mui­to so­bre a cres­cen­te ca­pa­ci­da­de da re­gião em li­dar com os pro­ble­mas re­gi­o­nais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.