BESTIAL, BESTA, BESTIAL…

Folha 8 - - DESTAQUE - POR ORLANDO CAS­TRO

Fez, na quin­ta-fei­ra, cin­co anos que Mu­am­mar Kadha­fi foi as­sas­si­na­do com re­quin­tes de mal­va­dez que, con­tu­do, ca­rac­te­ri­zam o fim de mui­tos di­ta­do­res. Ni­no Vieira, na Gui­né-bis­sau, é ou­tro exem­plo. Cin­co anos de­pois são ca­da vez mais os lí­bi­os que mos­tram ter sau­da­des de uma Lí­bia go­ver­na­da com mão de fer­ro por Mu­am­mar Kadha­fi, e di­zem mes­mo que a vi­da era me­lhor. Tu­do por­que o ca­os to­mou con­ta do país. Os lí­bi­os, so­bre­tu­do as ge­ra­ções mais ve­lhas, pre­fe­ri­am ser es­cra­vos de bar­ri­ga va­zia do que li­vres com ela va­zia. Saiu Kadha­fi e quem en­trou? Na­da mais do que ex­tre­mis­tas da pi­or es­pé- cie, co­mo o Es­ta­do Is­lâ­mi­co e a Al-qa­e­da, se im­plan­ta­ram so­li­da­men­te no ter­ri­tó­rio lí­bio. Re­cor­dam-se que Mu­am­mar Kadha­fi, já com o país a ar­der (Fe­ve­rei­ro de 2011), con­vo­cou um re­pre­sen­tan­te da União Eu­ro­peia em Tri­po­li, ame­a­çan­do pa­rar de co­o­pe­rar na lu­ta con­tra a imi­gra­ção ile­gal se a UE con­ti­nu­as­se a “en­co­ra­jar” ma­ni­fes­ta­ções no país? Re­cor­dam-se da­qui­lo que o lí­der lí­bio dis­se do TPI – Tri­bu­nal Pe­nal In­ter­na­ci­o­nal? Dis­se ape­nas que es­se tri­bu­nal re­pre­sen­ta­va “uma no­va for­ma de ter­ro­ris­mo mun­di­al”. “É co­nhe­ci­do que to­dos os paí­ses do ter­cei­ro mun­do se opõem a es­te de­no­mi­na­do Tri­bu­nal Pe­nal In­ter­na­ci­o­nal. A me­nos que to­dos se­jam tra­ta­dos de for­ma igual, is­so não fun­ci­o­na­rá”, de­cla­rou Kadha­fi, na al­tu­ra pre­si­den­te da União Afri­ca­na. “É o ca­so ago­ra. Es­se tri­bu- nal é con­tra os paí­ses que fo­ram co­lo­ni­za­dos no pas­sa­do e que (os oci­den­tais) que­rem vol­tar a co­lo­ni­zar. Tra­ta-se da prá­ti­ca de um no­vo ter­ro­ris­mo mun­di­al”, con­si­de­rou. Não te­rá an­da­do lon­ge da ver­da­de. “Não é jus­to que um pre­si­den­te se­ja de­ti­do”, pre­ci­sou o lí­der lí­bio que se re­fe­ria ao man­da­do de cap­tu­ra emi­ti­do a 4 de Mar­ço de 2009 pe­lo TPI con­tra o pre­si­den­te su­da­nês, Omar el-bé­chir, por sus­pei­ta de cri­mes de gu­er­ra e cri­mes con­tra a hu­ma­ni­da­de em Dar­fur, oes­te do Su­dão. “Se au­to­ri­zar­mos uma tal coi­sa, que um pre­si­den­te se­ja de­ti­do e jul­ga­do, co­mo o pre­si­den­te el-bé­chir, de­ve­ría­mos tam­bém jul­gar aque­les que ma­ta­ram cen­te­nas, mi­lhões de cri­an­ças no Ira­que e em Ga­za”, su­bli­nhou na al­tu­ra o res­pon­sá­vel lí­bio. Nes­se mês to­dos os re­pre­sen­tan­tes eu­ro­peus em Tri­po­li re­ce­be­ram a mes- ma men­sa­gem que, des­de lo­go, era um pro­tes­to con­tra o ape­lo fei­to pe­la en­tão che­fe da di­plo­ma­cia eu­ro­peia, Cathe­ri­ne Ash­ton, ao res­pei­to da “li­vre ex­pres­são” no país, con­fron­ta­do com uma va­ga de con­tes­ta­ção sem pre­ce­den­tes des­de a che­ga­da ao po­der de Mu­am­mar Kadha­fi, na al­tu­ra há mais de 40 anos. As ma­ni­fes­ta­ções que ocor­rem na Lí­bia têm si­do re­pri­mi­das com vi­o­lên­cia e já cau­sa­ram cen­te­nas de mor­tos, la­men­ta­va a or­ga­ni­za­ção de de­fe­sa dos di­rei­tos hu­ma­nos Hu­man Rights Wat­ch. Se­ja co­mo for, Kadha­fi sem­pre mos­trou o que era. Já em 2001, o lí­der da Lí­bia apre­sen­tou a so­lu­ção pa­ra o pro­ble­ma do Zim­ba­bué e de to­dos os paí­ses afri­ca­nos. Na­da mais do que ex­pul­sar to­dos os bran­cos de Áfri­ca e ocu­par as su­as ter­ras. Kadha­fi, que nes­se ano vi­si­tou o Zim­ba­bué, exor­tou

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.