PARABÉNS à ALE­MA­NHA

Folha 8 - - INTERNACIONAL -

Trump acres­cen­tou que “es­tão a ser re­cu­pe­ra­dos mui­tos em­pre­gos.” “Há mui­tos em­pre­gos que es­tão a ser de­vol­vi­dos ao Mi­chi­gan e à Pen­sil­vâ­nia e a mui­tos ou­tros lu­ga­res on­de se per­deu mui­to tra­ba­lho. Te­mos uma po­lí­ti­ca di­fe­ren­te mas vai ser uma gran­de po­lí­ti­ca não só para os Es­ta­dos Uni­dos mas para o mun­do in­tei­ro”. “Em ter­mos de comércio com a Ale­ma­nha pen­so que nos va­mos dar mui­to bem”, acres­cen­tou o pre­si­den­te nor­te-ame­ri­ca­no, fe­li­ci­tan­do a for­ma co­mo os ale­mães “se por­ta­ram nos seus acor­dos com os EUA. Mas pos­so fa­lar de ou­tros paí­ses com qu­em te­mos ne­gó­ci­os co­mo a Chi­na, que não são bons para os nos­sos tra­ba­lha­do­res.” “Não queremos ser vi­to­ri­o­sos, queremos jus­ti­ça” su­bli­nhou Trump. “Olhem para as tran­sa­ções co­mer­ci­ais da NAFTA, foi um de­sas­tre para os Es­ta­dos Uni­dos, um de­sas­tre para as em­pre­sas, em par­ti­cu­lar para os tra­ba­lha­do­res, mui­tas em­pre­sas aca­ba­ram des­lo­can­do-se”, de­fen­deu o Pre­si­den­te.. “Eu es­tou aqui por cau­sa dos tra­ba­lha­do­res, ra­zão nú­me­ro um. E tam­bém por cau­sa dos mi­li­ta­res, te­mos de in­ves­tir nos mi­li­ta­res e se­re­mos mais for­tes, tal­vez não te­nha­mos de usar es­sa for­ça mas se­re­mos mais for­tes do que al­gu­ma vez fo­mos, é por es­sa ra­zão que aqui es­tou ho­je.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.