O PRO­GRES­SO ES­TÁ A MATAR A DE­MO­CRA­CIA

Folha 8 - - QUENTE -

Nes­ta tre­ta que ame­a­ça ser o plei­to elei­to­ral de Agos­to pró­xi­mo, há mui­ta gen­te que já es­tá a ver que te­re­mos di­rei­to a uma fo­to­có­pia aper­fei­ço­a­da do que se pas­sou em 2008 e 2012, a ale­ga­da con­ta­gem exac­ta de vo­tos vá­li­dos, fei­ta por pro­gra­mas elec­tró­ni­cos. É de crer que vai ser ta­re­fa im­pos­sí­vel en­quan­to os pro­gra­mas in­for­má­ti­cos, to­dos sem ex­cep­ção, só fo­rem “trans­pa­ren­tes” pa­ra “JES & sus mu­cha­chos”. E mes­mo que um aces­so to­tal a to­dos os pro­gra­mas se­ja acor­da­do a uma equi­pa de pe­ri­tos in­de­pen­den­tes, na­da po­de­rá ga­ran­tir que não ha­ja mais um, pro­gra­ma se­cre­to na man­ga do po­der, ca­paz de mo­di­fi­car os re­sul­ta­dos. O re­cur­so à in­for­má­ti­ca vai matar a de­mo­cra­cia, en­fim, al­guns di­zem já ma­tou, pois é im­pos­sí­vel ha­ver trans­pa­rên­cia, ca­so se­ja por aí que se fa­ça a con­ta­gem dos vo­tos. O Fo­lha 8 agra­de­cia quem apa­re­ces­se a pro­var que es­tá em er­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.