DO­NA MARTA… DOS SAN­TOS

Folha 8 - - DESTAQUE -

Epi­só­dio re­le­van­te foi o que en­vol­veu Marta dos San­tos, ir­mã de sua ma­jes­ta­de o rei Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos, por “ca­su­a­li­da­de” Pre­si­den­te do MPLA, che­fe do Go­ver­no e Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, e em que se ten­tou jus­ti­fi­car o in­jus­ti­fi­cá­vel, ou se­ja, as pi­ca­das por on­de tri­lha­ram os mais de 800 mi­lhões de dó­la­res, sa­ca­dos do BESA. Sa­ca­dos quer di­zer, na lin­gua­gem do re­gi­me, em­prés­ti­mo sem re­tor­no. Lin­gua­gem es­sa que tem um có­di­go que abre to­dos os co­fres e não exi­ge pa­ga­men­tos: Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos. Mas, é cla­ro, em­bo­ra te­nha si­do um em­prés­ti­mo a fun­do per­di­do, te­ve de ser ren­ta­bi­li­za­do. E foi as­sim que nas­ceu o eli­tis­ta Co­lé­gio An­go­la­no de Ta­la­to­na. E as­sim, a ir­mã fei­ta com­pul­si­va­men­te em­pre­sá­ria, dá vi­vas à fa­lên­cia do BESA e à cor­rup­ção ins­ti­tu­ci­o­nal, que lhe per­mi­te fi­car com di­nhei­ro de ou­tros a cus­to ze­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.