A ENDE OU THE END

Folha 8 - - CULTURA -

Es­te QUENTE é uma es­pé­cie de “blitz” um ata­que ful­gu­ran­te, ra­pi­dís­si­mo ao nos­so sis­te­ma de go­ver­na­ção, por via de um es­ta­pa­fúr­dio exem­plo da­do por um dos seus mais du­vi­do­sos agen­tes de to­do o país. O país do ab­sur­do, on­de quem pro­vi­den­cia luz eléc­tri­ca nem se­quer é re­fe­rên­cia dos ser­vi­ços que pres­ta, co­mo re­fe­re Tony Ki­zom­ba, «Fui à EDEL re­cla­mar da luz e en­con­trei lá um ge­ra­dor a tra­ba­lhar. En­trei, cum­pri­men­tei os fun­ci­o­ná­ri­os e fui-me em­bo­ra.» Fo­to: ge­ra­dor ENDE.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.