INGRATA LU­TA CON­TRA A CORRUPÇÃO

Folha 8 - - QUENTE -

Po­lí­ti­cos e em­pre­sá­ri­os por­tu­gue­ses e angolanos acham que as in­ves­ti­ga­ções não fa­zem na­da bem às re­la­ções en­tre os dois paí­ses, ao que se jun­ta uma de­sa­gra­dá­vel con­jun­tu­ra em vá­ri­as in­ves­ti­ga­ções, nas quais tem si­do ne­ces­sá­ria a co­la­bo­ra­ção do MP de An­go­la, cu­jo pro­cu­ra­dor-ge­ral no tem­po da ou­tra se­nho­ra (JES) tam­bém es­ta­va a ser in­ves­ti­ga­do pe­las au­to­ri­da­des por­tu­gue­sas! Da­da a acu­mu­la­ção de ca­sos, até dá von­ta­de de rir só de pen­sar no que di­zi­am os pa­pa­gai­os quan­do re­pe­ti­am o que di­zia JES nas su­as hi­pó­cri­tas in­ter­ven­ções pú­bli­cas. Tu­do mu­dou de­pois da mu­dan­ça de po­der pa­ra JLO, mas é de te­mer que se­rá en­con­tra­do um bom pre­tex­to pa­ra pôr uma sur­di­na nos cla­rins, nos co­bres e nos tam­bo­res des­ta ar­ro­ja­da sin­fo­nia ju­ris­di­ci­o­nal, ca­da vez mais de­sa­fi­na­da por ha­ver pa­ra­si­tas po­lí­ti­cos e fi­nan­cei­ros gran­des de­mais a cri­ar tur­bu­lên­ci­as, pa­ra de­pois pas­sar uma es­pon­ja na­qui­lo que po­dia ser uma mu­dan­ça sig­ni­fi­ca­ti­va na nos­sa so­ci­e­da­de e uma vi­tó­ria for­mi­dá­vel con­tra a corrupção. Mas não, vo­cês vão ver, na­da vai acon­te­cer e co­mo es­tá­va­mos, as­sim fi­ca­re­mos. In­fe­liz­men­te, mais uma vez se con­fir­ma que vai ser mui­to di­fí­cil, e pe­ri­go­so, sair da mi­sé­ria (ma­te­ri­al e mo­ral) em que nos en­con­tra­mos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.