Mi­li­ta­res con­quis­tam o tor­neio

Pe­tro de Lu­an­da der­ro­ta Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga e ocu­pa ter­cei­ra po­si­ção

Jornal de Angola - - PARTADA - AMÂNDIO CLEMENTE |

O 1º de Agos­to sa­grou-se on­tem ven­ce­dor da I edi­ção da taça Patrono da Fesa, ao der­ro­tar o Ka­bus­corp do Pa­lan­ca por 6-4, após a mar­ca­ção de gran­des pe­na­li­da­des, de­pois de igual­da­de a dois go­los no tem­po re­gu­la­men­tar, ao pas­so que o Pe­tro de Lu­an­da ocu­pou a ter­cei­ra po­si­ção, ao der­ro­tar o Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga por 1-0.

Uma par­ti­da bem dis­pu­ta­da, com al­ter­nân­ci­as no mar­ca­dor, com a equi­pa do Ka­bus­corp a adi­an­tar-se no mar­ca­dor aos 35 mi­nu­tos, com Mpe­lem­pe­le a co­brar de for­ma ma­gis­tral um li­vre di­rec­to. Os mi­li­ta­res re­a­gi­ram, mas não con­se­gui­ram in­ver­ter o ru­mo dos acon­te­ci­men­tos e che­gar à igual­da­de an­tes do in­ter­va­lo.

No re­a­ta­men­to, o 1º de Agos­to fez en­trar as su­as prin­ci­pais uni­da­des e pres­si­o­nou o úl­ti­mo re­du­to dos pa­lan­qui­nos. Fru­to do as­cen­den­te ofen­si­vo, o 1º de Agos­to che­gou ao em­pa­te atra­vés de uma gran­de pe­na­li­da­de a cas­ti­gar su­pos­ta fal­ta so­bre Ary Pa­pel. Geraldo cha­ma­do a fa­zer a co­bran­ça, fa­lhou, mas cor­ri­giu na re­car­ga.

De­pois da igual­da­de, os mi­li­ta­res au­men­ta­ram a pres­são so­bre o sec­tor in­ter­me­diá­rio e de­fen­si­vo do Ka­bus­corp e che­gou à re­vi­ra­vol­ta com Ary Pa­pel a co­lo­car em van­ta­gem a sua equi­pa. Já na pon­ta fi­nal da con­ten­da, Dany Mas­sun­gu­na co­me­te fal­ta den­tro da área e o ár­bi­tro as­si­na­la pron­ta­men­te o cas­ti­go má­xi­mo. Me­da ati­rou a con­tar e repôs a igual­da­de. Na de­ci­são das gran­des pe­na­li­da­des, o 1º de Agos­to foi mais fe­liz ao con­cre­ti­zar qua­tro con­tra dois do Ka­bus­corp.

O Pe­tro de Lu­an­da ocu­pou a ter­cei­ra po­si­ção do tor­neio, ao der­ro­tar o Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga por uma bo­la sem res­pos­ta, nu­ma par­ti­da em que os tri­co­lo­res ain­da des­per­di­ça­ram uma gran­de pe­na­li­da­de.

O jo­go foi pau­ta­do pe­lo equi­lí­brio des­de o iní­cio, com os dois con­jun­tos à pro­cu­ra do go­lo, si­tu­a­ção que se man­te­ve até aos 30 mi­nu­tos, al­tu­ra em que os tri­co­lo­res se adi­an­ta­ram no mar­ca­dor, atra­vés de Fa­brí­cio.

Com o ten­to so­fri­do, a equi­pa ori­en­ta­da por Albano Cé­sar re­a­giu pa­ra ten­tar em­pa­tar a par­ti­da, mas os seus di­an­tei­ros não con­se­gui­am acer­tar na ba­li­za con­trá­ria, tam­bém por mé­ri­to dos de­fen­so­res da for­ma­ção do Ca­te­tão, que tra­va­vam to­das as in­ves­ti­das dos sam­bi­las, si­tu­a­ção que se man­te­ve até ao in­ter­va­lo. No re­a­ta­men­to es­pe­ra­va-se por um Pro­gres­so mais ofen­si­vo, mas a ver­da­de é que foi a Pe­tro a do­mi­nar e a con­tro­lar os acon­te­ci­men­tos, em­bo­ra es­po­ra­di­ca­men­te a for­ma­ção sam­bi­la es­bo­ças­se uma re­ac­ção, as­su­min­do uma pos­tu­ra mais ofen­si­va que es­bar­ra­va na só­li­da de­fe­sa tri­co­lor. Já na rec­ta fi­nal da par­ti­da, o Pro­gres­so es­te­ve à bei­ra de igua­lar a par­ti­da, mas o seu di­an­tei­ro iso­la­do ati­rou pa­ra fo­ra. Já nos des­con­tos, o Pe­tro te­ve a pos­si­bi­li­da­de de am­pli­ar o mar­ca­dor, atra­vés de uma gran­de pe­na­li­da­de a as­si­na­lar fal­ta den­tro da área so­bre Gi­res­se. Ma­vam­ba, cha­ma­do a co­brar, per­mi­tiu a de­fe­sa do guar­da-re­des con­trá­rio.

Na aber­tu­ra do tor­neio, o Pe­tro de Lu­an­da per­deu fren­te ao ar­qui­ri­val 1º de Agos­to, por 2-0, en­quan­to o Pro­gres­so Sam­bi­zan­ga foi der­ro­ta­do pe­lo Ka­bus­corp do Pa­lan­ca, por 1-0. O tor­neio sau­dou o 74º ani­ver­sá­rio do Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos, as­si­na­la­do on­tem.

JO­SÉ SO­A­RES

1º de Agos­to con­fir­ma su­pre­ma­cia so­bre o Ka­bus­corp nas gran­des pe­na­li­da­des e con­quis­ta a pri­mei­ra edi­ção da com­pe­ti­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.