CITAÇÕES

Jornal de Angola - - OPINIÃO -

“É ho­ra de, com os pés no chão e in­te­li­gên­cia, le­var­mos a bom por­to os des­ti­nos da nos­sa Re­gião Na­val Nor­te. É al­tu­ra de co­lo­car­mos a Re­gião Na­val Nor­te no lu­gar pa­ra o qual foi pro­jec­ta­da, no âm­bi­to da de­fe­sa da nos­sa fron­tei­ra ma­rí­ti­ma e flu­vi­al, ou se­ja, da nos­sa so­be­ra­nia.”

Con­tra-al­mi­ran­te Au­gus­to Pe­dro, co­man­dan­te da Re­gião Na­val Nor­te da Ma­ri­nha de Guer­ra An­go­la­na

“O país es­tá em paz. Nin­guém tem o di­rei­to de ti­rar o sos­se­go aos ou­tros. An­go­la e os an­go­la­nos pre­ci­sam de vo­cês, por­que a Pá­tria so­mos to­dos nós.”

Ar­tur Gun­za , juiz pre­si­den­te do Tri­bu­nal pro­vin­ci­al da Huí­la, no ac­to de li­ber­ta­ção de re­clu­sos que be­ne­fi­ci­a­ram da lei da am­nis­tia

“A guer­ra que as­so­lou o país obri­gou a mai­or par­te da po­pu­la­ção ru­ral da pro­vín­cia de Ca­bin­da, que pra­ti­ca­va agri­cul­tu­ra, a mi­grar pa­ra o mu­ni­cí­pio-se­de, dei­xan­do de exer­cer a sua ac­ti­vi­da­de. Com a paz (...), ca­be ao Go­ver­no cri­ar con­di­ções que per­mi­tam a es­sas pes­so­as vol­tar pa­ra as su­as zo­nas de ori­gem.”

Al­di­na da Lom­ba, go­ver­na­do­ra pro­vin­ci­al de Ca­bin­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.