Ho­rá­rio dos jo­gos so­fre al­te­ra­ções a par­tir de 2018

Jornal de Angola - - DESPORTO -

As mu­dan­ças na Li­ga dos Cam­peões da UEFA a par­tir de 2018/19 pa­re­cem não ter fim. Já se sa­bia que a UEFA vai al­te­rar a for­ma de aces­so, o cál­cu­lo do co­e­fi­ci­en­te e a dis­tri­bui­ção de ver­bas, mas ago­ra tam­bém se sa­be que os ho­rá­ri­os dos jo­gos vão so­frer al­te­ra­ções.

De acor­do com a re­vis­ta ale­mã 'Sport Bild', o ho­rá­rio das 19h45, um clás­si­co na Li­ga dos Cam­peões, se­rá subs­ti­tuí­do por dois: 18h00 e 20h00, man­ten­do-se as ter­ças e as quar­tas-fei­ras co­mo os di­as de dis­pi­ta dos jo­gos da com­pe­ti­ção.

A ideia do ór­gão rei­tor do fu­te­bol eu­ro­peu é re­pe­tir o mo­de­lo já uti­li­za­do na Li­ga Eu­ro­pa, cu­jos jo­gos são à quin­ta-fei­ra e co­me­çam às 18h00 e às 20h05, de for­ma a ga­ran­tir que ca­da ca­nal de te­le­vi­são pos­sa trans­mi­tir mais par­ti­das e, com is­so, au­men­tar as re­cei­tas da UEFA.

As mu­dan­ças na prin­ci­pal pro­va de clu­bes do mun­do fo­ram ob­ti­das de­pois de um acor­do ru­bri­ca­do en­tre a As­so­ci­a­ção Eu­ro­peia de Clu­bes (ECA) e a As­so­ci­a­ção de Li­gas (EPFL) e im­pe­de, pe­lo me­nos até 2021, a cri­a­ção de uma su­per­li­ga fe­cha­da, co­mo é in­ten­ção ma­ni­fes­ta­da por al­guns dos mai­o­res e mais ri­cos clu­bes do con­ti­nen­te.

Fer­nan­do Go­mes, pre­si­den­te da Fe­de­ra­ção Por­tu­gue­sa de Fu­te­bol, foi de­ci­si­vo nes­te acor­do, pois pre­si­de ao Co­mi­té de Com­pe­ti­ções de Clu­bes da UEFA.

O ve­lo­cis­ta Her­me­ne­gil­do Lei­te, que re­pre­sen­tou An­go­la nos Jo­gos Rio'2016, vai no pró­xi­mo dia 4 de Se­tem­bro a Pre­tó­ria re­a­li­zar tes­tes pa­ra in­te­gra­ção no Cen­tro de Al­to Ren­di­men­to da Fe­de­ra­ção in­ter­na­ci­o­nal de Atle­tis­mo (FIAA).

Ca­so se­ja acei­te, o atle­ta, de 16 anos, que cor­reu nos Jo­gos Rio’2016 a pro­va dos 100 me­tros, ha­bi­li­ta-se a uma bol­sa de qua­tro anos no âm­bi­to do pro­gra­ma “Youth De­ve­lop­ment” da FIAA, in­for­mou à An­gop, em Lu­an­da, o pre­si­den­te da Fe­de­ra­ção, Car­los Ro­sa.

O res­pon­sá­vel fe­de­ra­ti­vo acres­cen­tou que o Her­me­ne­gil­do Lei­te, que vi­ve na Na­mí­bia, já fez o tes­te de ap­ti­dão aca­dé­mi­ca, uma das exi­gên­ci­as da FIAA, ha­ven­do ago­ra a com­po­nen­te téc­ni­ca, cu­ja ava­li­a­ção du­ra dois di­as. Se­gun­do Car­los Ro­sa, ca­so te­nha su­ces­so, o atle­ta po­de co­me­çar já em Ja­nei­ro um pro­gra­ma de qua­tro anos.

O di­ri­gen­te mos­trou-se op­ti­mis­ta quan­to ao su­ces­so des­te pro­ces­so, que se en­qua­dra no pla­no ago­ra ini­ci­a­do com vis­ta pre­pa­rá-lo pa­ra os Jo­gos Olím­pi­cos de 2020, no Ja­pão.

Sus­ten­tou o op­ti­mis­mo na in­te­gra­ção no Cen­tro de Al­to Ren­di­men­to com o fac­to de a es­co­la que Her­me­ne­gil­do Lei­te fre­quen­ta na Na­mí­bia ser re­co­nhe­ci­da na Áfri­ca do Sul, e de o atle­ta já ter co­nhe­ci­men­tos de ale­mão, afri­cân­der e in­glês. Em re­la­ção à va­ga pa­ra fe­mi­ni­nos, Car­los Ro­sa dis­se que ain­da não es­tá de­fi­ni­da se vai a atle­ta que es­te­ve o “Rio’2016”, Li­li­a­na Ne­to, de­vi­do so­bre­tu­do ao fac­to de es­tu­dar em Por­tu­gal, e es­tar na fa­se fi­nal do seu cur­so, que ter­mi­na no pró­xi­mo ano.

Se­gun­do o pre­si­den­te da FAA, a atle­ta que cor­reu os 100 me­tros no Rio es­tu­da em Por­tu­gal, e não se pre­ten­de pres­si­o­ná-la, vis­to que es­tá a ter­mi­nar a sua for­ma­ção e tal­vez fos­se bom não in­ter­rom­per. “Va­mos ver se é me­lhor en­con­trar uma atle­ta que es­te­ja em Lu­an­da, e ten­tar con­ci­li­ar os es­tu­dos com a for­ma­ção des­por­ti­va”.

Re­fe­riu que a FIAA co­lo­ca à dis­po­si­ção das fe­de­ra­ções na­ci­o­nais vá­ri­os cen­tros de Al­to Ren­di­men­to. Pa­ra An­go­la, ci­tou o ca­so da ve­lo­cis­ta Fe­lis­mi­na Ca­ve­la, que cum­pria seis me­ses no Qué­nia e seis me­ses no Bra­sil, mas con­traiu ma­tri­mó­nio e te­ve de aban­do­nar o pro­jec­to de for­ma­ção.

Con­tou ain­da de ou­tro ca­so no sec­tor fe­mi­ni­no, sem re­ve­lar o no­me, que de­ci­diu de­sis­tir a uma se­ma­na do iní­cio da bol­sa. Por is­so a fe­de­ra­ção vai evi­tar pres­si­o­ná-las e con­ci­li­ar os in­te­res­ses es­co­la­res e des­por­ti­vos.

Her­me­ne­gil­do Lei­te, 16 anos, foi 20.º en­tre 22 con­cor­ren­tes na clas­si­fi­ca­ção fi­nal da pro­va dos 100 me­tros dos Jo­gos do Rio'2016, com o tem­po de 11.56 s, ob­ti­do nas pre­li­mi­na­res em que aca­bou em 7.º e úl­ti­mo lu­gar da sua sé­rie.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.