Fu­tu­ro de Dil­ma é ho­je co­nhe­ci­do

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O Se­na­do bra­si­lei­ro de­ve vo­tar ho­je a des­ti­tui­ção ou não da Pre­si­den­te elei­ta do Bra­sil, Dil­ma Rous­seff, dis­se o pre­si­den­te do Su­pre­mo Tri­bu­nal, Ri­car­do Lewan­dows­ki, que con­duz o pro­ces­so, na aber­tu­ra da ses­são de on­tem.

Es­pe­ra-se que per­to de 60 se­na­do­res, mais seis do que o ne­ces­sá­rio, vo­tem pe­la des­ti­tui­ção de Dil­ma Rous­seff, fac­to que co­lo­ca ime­di­a­ta­men­te Mi­chel Te­mer na pre­si­dên­cia de­fi­ni­ti­va do Bra­sil.

Agen­tes da po­lí­cia mi­li­tar usa­ram on­tem bom­bas de gás la­cri­mo­gé­neo con­tra os ma­ni­fes­tan­tes que apoi­a­vam Dil­ma Rous­seff. Hou­ve ma­ni­fes­ta­ções em pe­lo me­nos no­ve Es­ta­dos. Em São Pau­lo cons­truí­ram mes­mo bar­ri­ca­das e ate­a­ram fo­go a la­tas de li­xo e gar­ra­fas

De acor­do com a po­lí­cia, o blo­queio de vá­ri­as ru­as acon­te­ceu por­que os ma­ni­fes­tan­tes não in­for­ma­ram o iti­ne­rá­rio da mar­cha.

“Não va­mos ar­re­dar o pé da­qui”, gri­ta­vam os ma­ni­fes­tan­tes.

As ma­ni­fes­ta­ções fo­ram pro­mo­vi­das pe­lo Mo­vi­men­to dos Tra­ba­lha­do­res Sem Tec­to (MTST) e fo­ram con­trá­ri­as ao im­pe­a­ch­ment e ao cor­te de pro­gra­mas so­ci­ais.

Em no­ta di­vul­ga­da na ma­nhã de on­tem, o MTST dis­se que as ac­ções de on­tem, que além de São Pau­lo ocor­re­ram nas ci­da­des de For­ta­le­za e Por­to Ale­gre, “são ex­pres­são da re­sis­tên­cia con­tra o gol­pe em cur­so no Bra­sil. Um gol­pe con­tra a so­be­ra­nia do vo­to po­pu­lar, mas tam­bém con­tra os di­rei­tos so­ci­ais”.A en­ti­da­de diz que os “pro­gra­mas so­ci­ais, con­quis­ta­dos com mui­ta lu­ta, es­tão se­ri­a­men­te ame­a­ça­dos pe­lo go­ver­no ile­gí­ti­mo de Mi­chel Te­mer. As con­tra­ta­ções de mo­ra­dia do pro­gra­ma Mi­nha Ca­sa Mi­nha Vi­da per­ma­ne­cem sus­pen­sas”.

“Não acei­ta­mos o gol­pe, nem con­tra a de­mo­cra­cia nem con­tra os nos­sos di­rei­tos. Não re­co­nhe­ce­mos no Se­na­do a le­gi­ti­mi­da­de pa­ra de­ci­dir os des­ti­nos do país. A re­sis­tên­cia se­gui­rá nas ru­as”, com­ple­ta a no­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.