Tro­cas co­mer­ci­ais com a Chi­na au­men­tam no pri­mei­ro tri­mes­tre

AN­GO­LA E CHI­NA Se­mi­ná­rio ins­ti­tu­ci­o­nal as­si­na­la em Pe­quim o es­ta­be­le­ci­men­to das re­la­ções bi­la­te­rais

Jornal de Angola - - PARTADA -

As tro­cas co­mer­ci­ais en­tre An­go­la e a Chi­na no pri­mei­ro tri­mes­tre as­cen­de­ram a 7.165 mi­lhões dó­la­res (1,2 tri­liões de kwan­zas) e o país asiá­ti­co foi o prin­ci­pal des­ti­no das ex­por­ta­ções de An­go­la, fun­da­men­tal­men­te o pe­tró­leo, no­ti­ci­ou a An­gop.

A agên­cia ci­ta da­dos de um se­mi­ná­rio de 15 di­as que ter­ça-fei­ra en­cer­rou em Pe­quim, no qual re­pre­sen­tan­tes ins­ti­tu­ci­o­nais e pri­va­dos ana­li­sa­ram as re­la­ções co­mer­ci­ais en­tre An­go­la e a Chi­na, es­ta­be­le­ci­das em 1984 com a as­si­na­tu­ra de um pri­mei­ro acor­do bi­la­te­ral.

A “In­te­gra­ção Cul­tu­ral e Co­mer­ci­al en­tre An­go­la e a Chi­na” foi o te­ma do en­con­tro pro­mo­vi­do pe­lo Mi­nis­té­rio do Co­mér­cio da Chi­na, no qual fo­ram dis­cu­ti­das as po­lí­ti­cas adop­ta­das pe­lo Go­ver­no do país asiá­ti­co e a es­tra­té­gia de aber­tu­ra ao mun­do, so­bre­tu­do ao con­ti­nen­te afri­ca­no.

O se­mi­ná­rio dis­cu­tiu as­pec­tos li­ga­dos à gra­fia chi­ne­sa, evo­lu­ção his­tó­ri­ca e a cul­tu­ra co­mer­ci­al da Chi­na, as­sim co­mo as re­la­ções com os paí­ses de lín­gua ofi­ci­al por­tu­gue­sa. Com a cri­a­ção da Comissão Mis­ta Eco­nó­mi­ca e Co­mer­ci­al, em 1988, as mar­cas da cooperação en­tre Pe­quim e Lu­an­da são vi­sí­veis, prin­ci­pal­men­te com o fim da gu­er­ra em 2002, con­cor­da­ram os par­ti­ci­pan­tes.

A Chi­na par­ti­ci­pou na cons­tru­ção e re­a­bi­li­ta­ção das prin­ci­pais in­fra-es­tru­tu­ras ro­do­viá­ri­as co­mo pon­tes, es­tra­das, ca­mi­nhos-de-fer­ro e ou­tras obras no ra­mo da cons­tru­ção ci­vil, dis­se­ram.

Ter­ça-fei­ra, a se­cre­tá­ria de Es­ta­do da Cooperação, Ân­ge­la Bra­gan­ça, anun­ci­ou fi­nan­ci­a­men­tos chi­ne­ses pa­ra a cons­tru­ção de um cen­tro de in­ves­ti­ga­ção agrí­co­la e um ou­tro de for­ma­ção pro­fis­si­o­nal, es­te úl­ti­mo no Hu­am­bo. Ân­ge­la Bra­gan­ça fez es­te anún­cio após ter as­si­na­do com o em­bai­xa­dor da Chi­na em An­go­la, Cui Ai­min, um pro­to­co­lo de cooperação pa­ra o en­vio de uma quar­ta equi­pa mé­di­ca chi­ne­sa “com o ob­jec­ti­vo de con­tri­buir pa­ra a me­lho­ria do sis­te­ma sa­ni­tá­rio de An­go­la”.

A se­cre­tá­ria de Es­ta­do sa­li­en­tou que os la­ços bi­la­te­rais atin­gi­ram um pon­to ele­va­do em 2015, com a vi­si­ta do Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca à Chi­na, no de­cur­so da qual fo­ram as­si­na­dos acor­dos de cooperação e de fi­nan­ci­a­men­to, en­tre ou­tros. A se­cre­tá­ria de Es­ta­do da Cooperação men­ci­o­nou ain­da o fac­to das au­to­ri­da­des chi­ne­sas es­ta­rem en­vol­vi­das no ape­tre­cha­men­to, equi­pa­men­to e for­ma­ção do pes­so­al do Hos­pi­tal Ge­ral de Lu­an­da, que foi cons­truí­do com fi­nan­ci­a­men­to da Chi­na.

O em­bai­xa­dor da Chi­na dis­se que o en­vio da quar­ta equi­pa mé­di­ca “é uma ofer­ta da Chi­na” e anun­ci­ou que o seu país vai efec­tu­ar uma se­gun­da do­a­ção de equi­pa­men­to mé­di­co a An­go­la, no va­lor de 6,5 mi­lhões de yu­an (162 mi­lhões de kwan­zas). A mis­são an­go­la­na na Chi­na in­te­grou téc­ni­cos se­ni­o­res dos Mi­nis­té­ri­os das Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, Co­mér­cio, Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio e re­pre­sen­tan­tes das pro­vín­ci­as do Ben­go, Uí­ge e Lu­an­da.

A de­le­ga­ção an­go­la­na vi­si­tou lo­cais his­tó­ri­cos e cul­tu­rais que aju­da­ram a com­pre­en­der as eta­pas, trans­for­ma­ções e o de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e cul­tu­ral do país asiá­ti­co, um dos prin­ci­pais par­cei­ros de An­go­la.

CASIMIRO JO­SÉ | SUM­BE

Em­bai­xa­dor da Chi­na em An­go­la Cui Ai­min fa­la à im­pren­sa de­pois da as­si­na­tu­ra de um pro­to­co­lo de cooperação no do­mí­nio da saú­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.