Cruz Ver­me­lha de An­go­la es­tá sem mei­os fi­nan­cei­ros

Jornal de Angola - - PROVÍNCIAS - WEZA PASCOAL |

A de­le­ga­ção da Cruz Ver­me­lha de An­go­la (CVA) no Cuando Cubango es­tá com di­fi­cul­da­de pa­ra re­a­li­zar pro­gra­mas de saú­de, por fal­ta de re­cur­sos fi­nan­cei­ros e de bens ali­men­ta­res, re­ve­lou o se­cre­tá­rio provincial da ins­ti­tui­ção.

João Hen­da dis­se que a ins­ti­tui­ção es­tá a en­fren­tar em­ba­ra­ços pa­ra cum­prir com os pro­gra­mas de com­ba­te à ma­lá­ria, tu­ber­cu­lo­se e VIH/Si­da, bem co­mo de do­a­ção de san­gue, que cons­ti­tu­em as prin­ci­pais áre­as de ac­tu­a­ção da CVA jun­to das co­mu­ni­da­des.

O se­cre­tá­rio provincial da CVA dis­se que há do­en­ças en­dé­mi­cas na pro­vín­cia, co­mo a ma­lá­ria e a tu­ber­cu­lo­se, que pre­ci­sam de um acom­pa­nha­men­to.

Em re­la­ção ao VIH/Si­da, por exem­plo, re­fe­riu que a pro­vín­cia ocu­pa o se­gun­do lu­gar à es­ca­la nacional. “Te­mos um ele­va­do nú­me­ro de mu­lhe­res grá­vi­das di­ag­nos­ti­ca­das com a do­en­ça na Ma­ter­ni­da­de Provincial”, re­fe­riu. A CVA tem re­gis­ta­dos cer­ca de 600 da­do­res de san­gue.

A ins­ti­tui­ção quer cri­ar um gru­po de da­do­res pe­rió­di­cos, que pos­sam dar san­gue em pe­río­dos de qua­tro me­ses, pa­ra os ho­mens, e de três me­ses pa­ra as mu­lhe­res.

Pa­ra o efei­to, a CVA es­tá a tra­ba­lhar em co­or­de­na­ção com o Go­ver­no Provincial do Cuando Cubango, em­pre­sá­ri­os lo­cais e ou­tros es­tra­tos da so­ci­e­da­de ci­vil, pa­ra con­se­guir di­nhei­ro e ali­men­ta­ção pa­ra os da­do­res e pas­sar a men­sa­gem. “Que­re­mos che­gar às zo­nas mais recôn­di­tas da pro­vín­cia, aí on­de os mei­os de co­mu­ni­ca­ção ain­da não che­gam, pa­ra mo­bi­li­zar e in­for­mar a po­pu­la­ção so­bre mui­tas do­en­ças e so­bre o que se pas­sa a ní­vel do país, mas fal­tam-nos os mei­os”, dis­se. A de­le­ga­ção da CVA no Cuando Cu­ban­bo in­te­gra dez so­cor­ris­tas vo­lun­tá­ri­os, que, por fal­ta de uma am­bu­lân­cia, têm di­fi­cul­da­de de exer­cer a sua ac­ti­vi­da­de. Ou­tras di­fi­cul­da­des pren­dem-se com o mau es­ta­do das ins­ta­la­ções on­de fun­ci­o­nam e a es­cas­sez de mei­os de trans­por­te.

Pa­ra a cam­pa­nha de va­ci­na­ção con­tra a fe­bre-ama­re­la, que de­cor­reu de 15 a 26 de Agos­to, a CVA con­tou com o apoio do Fun­do das Nações Unidas pa­ra a In­fân­cia (Uni­cef), e mo­bi­li­zou 70 jo­vens vo­lun­tá­ri­os.

AFON­SO COSTA ( NA­MI­BE)

CVA quer cri­ar gru­po de da­do­res pe­rió­di­cos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.