Ide­ais de Ne­to le­va­dos à ce­na

Jornal de Angola - - CULTURA -

Os ide­ais de Agos­ti­nho Ne­to são trans­pos­tos ao pal­co, pe­la pri­mei­ra vez, a par­tir de ho­je até 10 de Se­tem­bro, du­ran­te a re­a­li­za­ção do Pré­mio “Ki­lam­ba”, que jun­ta co­lec­ti­vos de te­a­tro da ca­pi­tal, na Li­ga Afri­ca­na, em Lu­an­da.

O pro­jec­to per­mi­te aos gru­pos ex­plo­ra­rem, de for­ma li­vre, a sua ca­pa­ci­da­de cri­a­ti­va. O pré­mio, uma ini­ci­a­ti­va do gru­po Ce­na Li­vre, com o apoio da Fundação Agos­ti­nho Ne­to, ser­ve tam­bém pa­ra sal­va­guar­dar os ide­ais do pri­mei­ro Pre­si­den­te de An­go­la.

O Pré­mio Ki­lam­ba, dis­se o seu pro­du­tor, ho­me­na­geia a fi­gu­ra e obra do “Po­e­ta Mai­or”, por is­so, os es­pec­tá­cu­los de­vem ba­se­ar-se na sua his­tó­ria. Wal­ter Cristóvão dis­se que os gru­pos con­cor­ren­tes po­dem adap­tar his­tó­ri­as so­bre os fei­tos e as ac­ções de Agos­ti­nho Ne­to, des­de a sua in­fân­cia à vi­da política, em uma ho­ra, no gé­ne­ro à sua es­co­lha.

O ob­jec­ti­vo, dis­se, é mos­trar ao pú­bli­co al­guns ele­men­tos que mar­ca­ram a tra­jec­tó­ria do “Po­e­ta Mai­or”, in­cluin­do a sua vi­da em An­go­la, os mo­ti­vos que o le­va­ram a ser de­por­ta­do pa­ra o Tar­ra­fal, a al­tu­ra em que di­ri­giu as ac­ti­vi­da­des po­lí­ti­cas e de guer­ri­lha do MPLA, a par­tir de Ar­gel e Braz­za­vil­le, du­ran­te a lu­ta pe­la in­de­pen­dên­cia, até à sua mor­te, em 1979.

O con­cur­so dis­tin­gue os três me­lho­res gru­pos. O pri­mei­ro clas­si­fi­ca­do re­ce­be 400 mil kwan­zas, o se­gun­do clas­si­fi­ca­do 300 e o ter­cei­ro 200. O me­lhor ac­tor e ac­triz re­ce­bem 50 mil kwan­zas. A dis­tin­ção in­clui ain­da um pré­mio sur­pre­sa pa­ra a me­lhor in­ter­pre­ta­ção da per­so­na­gem de Agos­ti­nho Ne­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.