Gui­lher­me Mam­puya ma­te­ri­a­li­za so­nho

Jornal de Angola - - GENTE -

O ar­tis­ta plás­ti­co Gui­lher­me Mam­puya tor­nou o seu so­nho re­a­li­da­de. Na quin­ta-fei­ra, dia 1, o jo­vem de­ci­diu dar aos seus fa­mi­li­a­res, ad­mi­ra­do­res e se­gui­do­res a fe­liz no­tí­cia de que era um ho­mem fe­liz. A fe­li­ci­da­de de Gui­lher­me Mam­puya re­si­dia no fac­to de ter ofi­ci­a­li­za­do o re­gis­to do seu ate­li­er. Ou­tra das gran­des sa­tis­fa­ções do ar­tis­ta plás­ti­co é a con­clu­são das obras do ate­li­er Gui­lher­me Mam­puya, Lda. Fal­tam ape­nas aca­ba­men­tos. O jo­vem ar­tis­ta plás­ti­co anun­ci­ou tam­bém aos apre­ci­a­do­res de ar­tes que vai par­ti­ci­par, na pró­xi­ma ter­ça-fei­ra, nu­ma ex­po­si­ção no Mau­so­léu Dr. An­tó­nio Agos­ti­nho Ne­to. “Já so­mos Ate­li­er Gui­lher­me Mam­puya, LDA, re­gis­ta­do sob o n° 881/16, na Con­ser­va­tó­ria do Re­gis­to Co­mer­ci­al de Lu­an­da. A fi­na­li­za­ção é a par­te cha­ta. Es­ta­mos a che­gar. En­tre­tan­to apa­re­çam no dia 6, no Mau­so­léu pe­las 18h30. Há ex­po­si­ção, nas ves­tes da Fun­da­ção Sa­gra­da Es­pe­ran­ça”, re­al­ça a men­sa­gem pu­bli­ca­da por Gui­lher­me Mam­puya. Gen­te Na­dir Ta­ti.

PAULINO DA­MIÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.