Rei­no do Mar­ro­cos vai pe­dir ade­são

Jornal de Angola - - MUNDO -

O ministro mar­ro­qui­no dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros e da Co­o­pe­ra­ção anun­ci­ou que o Rei­no pe­de “nos pró­xi­mos di­as” a sua rein­te­gra­ção na União Afri­ca­na, que aban­do­nou há 30 anos, mas não vai re­co­nhe­cer o Saha­ra Oci­den­tal co­mo Es­ta­do.

“Nós já anun­ciá­mos a in­ten­ção de re­gres­sar­mos ao seio da ins­ti­tui­ção, mas va­mos for­ma­li­zá-la nos pró­xi­mos di­as”, con­fir­mou Sa­lo­ned­di­ne Me­zou­ar num en­con­tro com jor­na­lis­tas afri­ca­nos, que vi­si­tam o Mar­ro­cos no âm­bi­to da XXII ci­mei­ra so­bre o cli­ma, que co­me­çou na ter­ça-fei­ra e ter­mi­na em 18 de No­vem­bro.

“Há quem di­ga que os ac­tos cons­ti­tu­ti­vos da União Afri­ca­na es­ta­be­le­cem que o país que pe­de a rein­te­gra­ção de­ve se com­pro­me­ter com as su­as nor­mas. Mas qu­e­re­mos di­zer que re­gres­sar ao seio da União Afri­ca­na não quer di­zer que re­co­nhe­ça­mos qual­quer fan­to­che”, acres­cen­tou.

O Mar­ro­cos, pros­se­guiu o ministro, “nun­ca aban­do­nou a Áfri­ca, é um país afri­ca­no que se afas­tou da ins­ti­tui­ção por ter cons­ta­ta­do uma ano­ma­lia con­tra o seu ter­ri­tó­rio e a sua po­pu­la­ção, que con­si­de­ra­mos a mai­or vi­o­la­ção das re­gras des­sa or­ga­ni­za­ção con­ti­nen­tal.”

Ao jus­ti­fi­car o re­gres­so do seu país à União Afri­ca­na trin­ta anos de­pois, o che­fe mar­ro­qui­no da di­plo­ma­cia dis­se que “os in­te­res­ses da Áfri­ca de hoje são de­ter­mi­nan­tes pa­ra o con­ti­nen­te. A mai­or par­te dos paí­ses afri­ca­nos são ami­gos que in­sis­ti­ram pa­ra que o Mar­ro­cos re­ve­ja a sua po­si­ção, por­que con­si­de­ram que o Mar­ro­cos é um país que po­de enor­me­men­te aju­dar a União Afri­ca­na.”

A entrada do Mar­ro­cos na or­ga­ni­za­ção con­ti­nen­tal, acres­cen­tou, “vai re­for­çar a or­ga­ni­za­ção, unir o con­jun­to dos Es­ta­dos afri­ca­nos e jo­gar um pa­pel im­por­tan­te no âm­bi­to dos in­te­res­ses que o oci­den­te tem pa­ra o con­ti­nen­te afri­ca­no.”

Du­ran­te o en­con­tro, do­mi­na­do pe­la si­tu­a­ção do Saha­ra Oci­den­tal, o go­ver­nan­te mar­ro­qui­no con­si­de­rou o país ane­xa­do co­mo “es­ta­do fan­to­che”, acu­sou a ex­tin­ta Or­ga­ni­za­ção de Uni­da­de Afri­ca­na de co­me­ter “uma ano­ma­lia his­tó­ri­ca” e afir­mou que ca­be ago­ra à ONU re­sol­ver “es­sa ano­ma­lia his­tó­ri­ca.”

Sa­lo­ned­di­ne Me­zou­ar su­bli­nhou que “com­ba­te (con­tra a de­sa­ne­xa­ção do Saha­ra Oci­den­tal) con­ti­nua”, propôs a atri­bui­ção pe­lo seu país de “au­to­no­mia alar­ga­da” àque­la re­gião e es­cla­re­ceu que ca­be à ONU en­con­trar uma so­lu­ção pa­ra o con­fli­to na ba­se des­sa pro­pos­ta que, re­fe­riu, “aco­lhe o con­sen­ti­men­to de vá­ri­os Es­ta­dos afri­ca­nos.”

JAIMAGENS.COM

União Afri­ca­na po­de vol­tar a in­te­grar o Mar­ro­cos trin­ta anos de­pois da saí­da do Rei­no

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.