Ben­fi­ca de­fron­ta Arou­ca des­fal­ca­do

Jornal de Angola - - DESPORTO -

Cos­tu­ma di­zer-se que um azar nun­ca vem só e Rui Vi­tó­ria es­tá a sen­tir is­so na pe­le por es­tes di­as. De­pois da le­são de Raúl Ji­mé­nez ao ser­vi­ço da se­lec­ção me­xi­ca­na, Jo­nas apre­sen­tou pro­ble­mas fí­si­cos e Mi­tro­glou tam­bém re­gres­sou le­si­o­na­do dos com­pro­mis­sos in­ter­na­ci­o­nais com a Gré­cia.

Pa­ra pi­o­rar ain­da mais a si­tu­a­ção, o jo­vem sér­vio Lu­ka Jo­vic, que po­de­ria aqui es­prei­tar uma opor­tu­ni­da­de pa­ra apa­re­cer na equipa... tam­bém se le­si­o­nou.

O bo­le­tim clí­ni­co di­vul­ga­do on­tem pe­lo Ben­fi­ca, atra­vés do seu si­te ofi­ci­al, ex­pli­ca as ra­zões pe­las quais os jo­ga­do­res não es­tão dis­po­ní­veis pa­ra de­fron­tar o Arou­ca, es­ta noi­te às 23h30.

Jo­nas es­tá com dre­na­gem de vo­lu­mo­so he­ma­to­ma pós trau­ma­tis­mo do pé di­rei­to, Raúl (en­tor­se do jo­e­lho es­quer­do com le­são do li­ga­men­to la­te­ral in­ter­no), Mi­tro­glou (es­ti­ra­men­to mi­o­ten­di­no­so na fa­ce pos­te­ri­or da co­xa es­quer­da) e Jo­vic (fe­ri­da con­tu­sa, su­tu­ra­da, do pri­mei­ro de­do do pé es­quer­do).

Rui Vi­tó­ria con­fir­mou que Mi­tro­glou, Jo­nas e Ji­mé­nez não vão poder dar o con­tri­bu­to: “Há es­sas li­mi­ta­ções. Não vão es­tar dis­po­ní­veis. Es­ta­mos a fa­lar de be­lís­si­mos jo­ga­do­res. Es­tão le­si­o­na­dos os três, mais o Jo­vic. Mas se há coi­sa que não fa­zer­mos é la­men­tar-nos. Te­nho de ar­ran­jar so­lu­ções e não pro­ble­mas. Ama­nhã (hoje) en­tra­rão 11 jo­ga­do­res, uma equipa com de­ter­mi­na­ção mui­to gran­de em ga­nhar, com von­ta­de de dar uma res­pos­ta ca­bal da nos­sa ca­pa­ci­da­de”, dis­se on­tem o trei­na­dor na con­fe­rên­cia de im­pren­sa de an­te­vi­são da par­ti­da do tri­cam­peão por­tu­guês.

Vi­tó­ria con­fes­sou es­pe­rar um en­con­tro mui­to com­pli­ca­do di­an­te do Arou­ca e elo­gi­ou as qua­li­da­des de uma equipa que tem me­lho­ra­do mui­to ao lon­go dos úl­ti­mos anos.

“Jo­go di­fí­cil, prin­ci­pal­men­te pe­lo ad­ver­sá­rio. Pa­ra­gem já es­ta­va pre­vis­ta, no ca­len­dá­rio. Arou­ca tem qua­li­da­de e qu­e­ro fa­zer um re­co­nhe­ci­men­to da­qui­lo que é a as­cen­são de um clu­be em tão pou­co tem­po. Es­pe­ra­mos um jo­go di­fí­cil, num cam­po di­fí­cil. Mas na­da vai mu­dar a nos­sa for­ma de pen­sar e de abor­dar a par­ti­da. Va­mos a Arou­ca res­pei­tan­do o ad­ver­sá­rio e com von­ta­de de ga­nhar.”

O téc­ni­co ne­ga que o fe­cho do mer­ca­do o te­nha dei­xa­do mais tran­qui­lo. “No dia 31 nem es­ta­va cá. Aci­ma de tu­do põe uma pe­dra so­bre um as­sun­to que ali­men­ta a co­mu­ni­ca­ção so­ci­al. Ago­ra já não po­de acon­te­cer, mas is­so em na­da me­xeu com as nos­sas ro­ti­nas. É imu­tá­vel ago­ra, mas não es­tou mais tran­qui­lo, por­que nun­ca es­ti­ve in­tran­qui­lo.”

REUTERS

Avan­ça­do gre­go re­for­ça lis­ta dos in­dis­po­ní­veis do plan­tel às or­dens de Rui Vi­tó­ria

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.