Festival da can­ção dis­tin­gue qua­li­da­de

Jornal de Angola - - PARTADA - RO­QUE SIL­VA |

O Festival da Can­ção de Lu­an­da con­ti­nua a apos­tar na dis­tin­ção do gé­nio cri­a­ti­vo do ar­tis­ta na­ci­o­nal, com a in­clu­são, este ano, de mais uma ca­te­go­ria re­fe­ren­te a uma pro­du­ção iné­di­ta.

A di­rec­to­ra do festival dis­se, nu­ma con­fe­rên­cia de im­pren­sa re­a­li­za­da, quin­ta-fei­ra, em Lu­an­da, que a ca­te­go­ria que dis­tin­gue a me­lhor cri­a­ção é um es­tí­mu­lo aos au­to­res dos te­mas em con­cur­so.

A pro­du­ção do Festival da Can­ção de Lu­an­da pre­ten­de pres­ti­gi­ar o es­for­ço da fi­gu­ra do pro­du­tor, já que a can­ção, o in­tér­pre­te, a com­po­si­ção/le­tra e a voz são re­qui­si­tos pre­mi­a­dos nas pas­sa­das 18 edições.

Os fi­na­lis­tas in­ter­pre­tam te­mas iné­di­tos, com com­po­si­ções e pro­du­ções de sua au­to­ria, de ar­tis­tas con­sa­gra­dos e emer­gen­tes, com o su­por­te de uma ban­da de mú­si­cos an­go­la­nos, com di­rec­ção mu­si­cal de Ni­no Jazz.

A can­to­ra Líp­sia con­cor­re com a can­ção “Tic tac”, en­quan­to Ely Cons­tan­ti­no, com “Kam­ba kam­ba”, M Levy, “Áfri­ca ye­tu”, Agos­ti­nho Ber­nar­do, “Iguais”, Selth Main­sel, “Quar­to hu­mil­de”, Jú­lio Tor­res, “Mi­nha ama­da”, Armm Ond­ka­mú, “Mbi ya nany”, Lí­dio Go­mes, “Lá­gri­mas”, Bran­ca Ce­les­te, “Twendy ka­valy”, e Go­mes Wil­li­ams, “Ndo­lo ku mu­xi­ma”.

A rap­só­dia, que ho­me­na­geia este ano os ca­mi­nhos-de-fer­ro, sob o le­ma “Nos tri­lhos da mú­si­ca... um com­boio de can­ções”, é re­pre­sen­ta­da por bai­la­ri­nos do Bal­let Tra­di­ci­o­nal Ki­lan­du­ki­lu e por ac­to­res de vá­ri­as com­pa­nhi­as de te­a­tro.

Mais de 40 in­ter­ve­ni­en­tes, en­tre os quais mú­si­cos que par­ti­ci­pa­ram no pro­ces­so de cri­a­ção da can­ção, des­fi­lam no pal­co, nu­ma vi­a­gem por Angola. A di­rec­ção ar­tís­ti­ca é de Ma­ne­co Vi­ei­ra Di­as e a mu­si­cal de Li­vongh.

A ga­la dis­tin­gue os ven­ce­do­res da 19.ª edi­ção Festival da Can­ção de Lu­an­da, que se­rão co­nhe­ci­dos no dia 23 do cor­ren­te, no pá­tio da Rádio Lu­an­da An­te­na Co­mer­ci­al (LAC), em Lu­an­da.

O con­cur­so é re­a­li­za­do anu­al­men­te des­de 1998, com o in­tui­to de in­cen­ti­var a cri­a­ção do gé­ne­ro can­ção, pro­cu­ran­do uma sim­bi­o­se en­tre o tra­di­ci­o­nal an­go­la­no e o mo­der­no uni­ver­sal (world mu­sic), com vis­ta a apoi­ar o de­sen­vol­vi­men­to da cri­a­ção de ori­gi­nais de qua­li­da­de, atra­vés da par­ti­ci­pa­ção dos com­po­si­to­res an­go­la­nos, e aju­dar a es­ta­be­le­cer a di­fe­ren­ça en­tre com­po­si­tor (au­tor) e in­tér­pre­te.

KINDALA MANUEL

Líp­sia vai con­cor­rer com a can­ção “Tic tac”

KINDALA MANUEL

Líp­sia com a can­ção “Tic tac” é uma das con­cor­ren­tes na pre­sen­te edi­ção do festival da Can­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.