Jovens no Hu­am­bo acor­rem ao re­gis­to

Jornal de Angola - - PARTADA - JULIANA DO­MIN­GOS |

O mi­nis­tro da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio, Bor­ni­to de Sou­sa, es­tá no Hu­am­bo a ava­li­ar o pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to elei­to­ral. Aos jovens e es­tu­dan­tes em ida­de de vo­to, o mi­nis­tro ape­lou-os a ade­ri­rem em mas­sa aos pos­tos. O mi­nis­tro pe­diu às au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais e aos lí­de­res es­tu­dan­tis e re­li­gi­o­sos uma mai­or par­ti­ci­pa­ção na mo­bi­li­za­ção dos ci­da­dãos pa­ra o re­gis­to e ac­tu­a­li­za­ção.

O mi­nis­tro da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio en­co­ra­jou sex­ta-fei­ra, no Hu­am­bo, os jovens e es­tu­dan­tes em ida­de de vo­to a ade­rir em mas­sa ao re­gis­to elei­to­ral e de­fen­deu, ao mes­mo tem­po, o en­vol­vi­men­to de to­da a so­ci­e­da­de no pro­ces­so.

Bor­ni­to de Sou­sa, que fa­la­va du­ran­te um en­con­tro com lí­de­res da so­ci­e­da­de ci­vil, es­tu­dan­tes, au­to­ri­da­des re­li­gi­o­sas e tra­di­ci­o­nais, no fi­nal da sua vi­si­ta a es­ta pro­vín­cia, lem­brou que é con­di­ção pri­má­ria pa­ra par­ti­ci­par nas eleições a ac­tu­a­li­za­ção dos da­dos elei­to­rais. O mi­nis­tro pe­diu às au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais e aos lí­de­res es­tu­dan­tis e re­li­gi­o­sos mai­or par­ti­ci­pa­ção na mo­bi­li­za­ção dos ci­da­dãos ao re­gis­to e ac­tu­a­li­za­ção de da­dos nas co­mu­ni­da­des.

Na oca­sião, fo­ram co­lo­ca­das ao go­ver­nan­te ques­tões re­la­ci­o­na­das com a cre­di­bi­li­da­de, trans­pa­rên­cia e jus­ti­ça do Pro­ces­so de Ac­tu­a­li­za­ção do Re­gis­to Elei­to­ral. Bor­ni­to de Sou­sa es­cla­re­ceu que ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to elei­to­ral é um pro­ces­so bas­tan­te aber­to e “nin­guém ga­nha com a ocul­ta­ção da in­for­ma­ção”, de­ven­do pa­ra o efei­to, os ór­gãos, quer pro­vin­ci­ais, quer mu­ni­ci­pais, dis­po­ni­bi­li­za­rem-se pa­ra es­cla­re­cer qual­quer dú­vi­da.

Os fis­cais es­tão pa­ra ave­ri­guar as ir­re­gu­la­ri­da­des e des­con­for­mi­da­des do pro­ces­so, sem in­ter­fe­rir nos pro­ce­di­men­tos do tra­ba­lho que es­tá a ser fei­to, por­quan­to não é obri­ga­tó­rio que as bri­ga­das for­ne­çam da­dos a es­tes agen­tes in­di­ca­dos pe­los par­ti­dos po­lí­ti­cos. “Es­tão a ser to­ma­das me­di­das no sen­ti­do de que os par­ti­dos po­lí­ti­cos pos­sam co­mu­ni­car com as di­rec­ções pro­vin­ci­ais do re­gis­to e mes­mo o Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio, pa­ra uma me­lhor par­ti­lha de in­for­ma­ções em ca­so de di­fi­cul­da­des, evi­tan­do, des­te mo­do, dis­cur­sos que aten­tam con­tra a boa con­vi­vên­cia e com a de­mo­cra­cia”, en­fa­ti­zou. Bor­ni­to de Sou­sa pe­diu um diá­lo­go mais aber­to e fran­co en­tre o Go­ver­no e os par­ti­dos po­lí­ti­cos, pa­ra me­lhor es­cla­re­ci­men­to do pro­ces­so, vis­to que a ten­ta­ti­va de um se­gun­do re­gis­to por qual­quer ci­da­dão anu­la o an­te­ri­or.

Re­gis­to pre­sen­ci­al

So­bre o re­gis­to pre­sen­ci­al, ao con­trá­rio do ofi­ci­o­so con­sa­gra­do na Cons­ti­tui­ção, o mi­nis­tro da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio ex­pli­cou que é de­vi­do à fal­ta de bi­lhe­te de iden­ti­da­de por par­te de al­guns ci­da­dãos e, tam­bém, pa­ra aque­les cu­ja mo­ra­da do bi­lhe­te não coin­ci­de com o bair­ro ac­tu­al.

“Os ci­da­dãos que não ac­tu­a­li­za­rem os seus da­dos elei­to­rais não po­de­rão cons­tar da lis­ta que os Mi­nis­té­ri­os da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio e da Jus­ti­ça e dos Di­rei­tos Hu­ma­nos vão re­me­ter à Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral, es­tan­do ex­cluí­dos do di­rei­to de vo­to em 2017”, aler­tou. Pa­ra o efei­to, Bor­ni­to de Sou­sa fe­li­ci­tou o Go­ver­no Pro­vin­ci­al do Hu­am­bo pe­lo seu pro­ce­di­men­to, per­for­man­ce e or­ga­ni­za­ção do pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to elei­to­ral, con­si­de­ran­do ser uma das me­lho­res do país nes­te do­mí­nio.

Du­ran­te a sua es­ta­da no Hu­am­bo, o mi­nis­tro da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio te­ve um en­con­tro com os mem­bros do Go­ver­no Pro­vin­ci­al, ad­mi­nis­tra­do­res mu­ni­ci­pais e che­fes de re­par­ti­ções das ad­mi­nis­tra­ções mu­ni­ci­pais. Bor­ni­to de Sou­sa vi­si­tou igual­men­te a di­rec­ção pro­vin­ci­al dos Re­gis­tos e de se­gui­da vi­a­jou pa­ra o mu­ni­cí­pio do Lon­gon­jo, 64 qui­ló­me­tros a oeste da cidade do Hu­am­bo, de on­de se­guiu pa­ra pro­vín­cia de Ben­gue­la.

FRAN­CIS­CO LO­PES

Mi­nis­tro Bor­ni­to de Sou­sa no Hu­am­bo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.