Ener­gia de Cam­bam­be che­ga ao Nze­to

Jornal de Angola - - POLÍTICA - FER­NAN­DO NE­TO |

Os ha­bi­tan­tes do mu­ni­cí­pio do Nze­to, pro­vín­cia do Zai­re, beneficiam no pró­xi­mo mês de ener­gia eléc­tri­ca pro­du­zi­da a par­tir da bar­ra­gem hi­dro­e­léc­tri­ca de Cam­bam­be, no Cu­an­za Nor­te, anun­ci­ou sex­ta­fei­ra o mi­nis­tro da Ener­gia e Águas.

João Bap­tis­ta Bor­ges, que vi­si­tou, no Nze­to, du­as su­bes­ta­ções eléc­tri­cas, re­fe­riu que em vir­tu­de da con­clu­são, em bre­ve, das obras da cons­tru­ção das li­nhas de trans­por­ta­ção de ener­gia eléc­tri­ca do Soyo/Nze­to/Lu­an­da, a pro­vín­cia do Zai­re es­tá em con­di­ções de re­ce­ber ener­gia da bar­ra­gem de Cam­bam­be.

“Po­de­mos, da­qui há um mês, tra­zer ener­gia eléc­tri­ca ao Nze­to e den­tro de dois me­ses che­gar ao Soyo, o que vai per­mi­tir diminuir os cus­tos com o con­su­mo de ga­só­leo e po­ten­ci­ar o pro­ces­so de de­sen­vol­vi­men­to des­ta zo­na Nor­te do país”, dis­se.

O mi­nis­tro no­tou que a cen­tral tér­mi­ca do Soyo, que en­tra em fun­ci­o­na­men­to no pró­xi­mo ano, vai igual­men­te re­for­çar a ca­pa­ci­da­de de pro­du­ção de ener­gia pa­ra Lu­an­da. João Bap­tis­ta Bor­ges ma­ni­fes­tou-se sa­tis­fei­to com o grau de exe­cu­ção fí­si­ca das obras de cons­tru­ção das du­as su­bes­ta­ções eléc­tri­cas do Nze­to que, em bre­ve, fi­cam con­cluí­das. “Ve­mos um pro­jec­to que usa uma tec­no­lo­gia bas­tan­te avan­ça­da. O equi­pa­men­to eléc­tri­co uti­li­za­do é de pri­mei­ra qua­li­da­de”, in­di­cou.

O mi­nis­tro ape­lou aos ha­bi­tan­tes pa­ra es­ta­rem vi­gi­lan­tes, ten­do em con­ta os rou­bos re­cor­ren­tes de co­bre e ou­tros ma­te­ri­ais eléc­tri­cos das su­bes­ta­ções, com­por­ta­men­to que, se­gun­do o mi­nis­tro, po­de com­pro­me­ter to­do um es­for­ço de­sen­vol­vi­do no sen­ti­do de me­lho­rar o aces­so de ener­gia eléc­tri­ca aos ci­da­dãos na re­gião.

O pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da Em­pre­sa Na­ci­o­nal de Dis­tri­bui­ção de Elec­tri­ci­da­de (ENDE), Fran­cis­co Ta­li­no, dis­se, à mar­gem da vi­si­ta do mi­nis­tro à cen­tral eléc­tri­ca de Ki­an­gan­ga, em Mban­za Congo, que a em­pre­sa tem um pla­no de re­for­ço da ca­pa­ci­da­de de pro­du­ção da cen­tral tér­mi­ca.

A cen­tral eléc­tri­ca de Ki­an­gan­ga pos­sui seis ge­ra­do­res de dois mil Kvas ca­da, mas ape­nas três fun­ci­o­nam, re­du­zin­do o for­ne­ci­men­to a 50 por cen­to, fac­to que pre­o­cu­pa as au­to­ri­da­des. Du­ran­te a jor­na­da de cam­po, o mi­nis­tro da Ener­gia e Águas vi­si­tou as obras de cons­tru­ção do sis­te­ma de abas­te­ci­men­to de água à co­mu­na de Mus­ser­ra, no mu­ni­cí­pio do Nze­to.

Sis­te­ma de água re­for­ça­do

O mi­nis­tro pro­ce­deu, ain­da, ao au­to de consignação das obras de am­pli­a­ção da es­ta­ção de cap­ta­ção de água do rio Lu­e­gi, pa­ra o re­for­ço da ca­pa­ci­da­de de abas­te­ci­men­to de água po­tá­vel à cidade de Mban­za Congo. A em­prei­ta­da, or­ça­da em 46 mi­lhões de dó­la­res, es­tá a car­go da em­pre­sa chi­ne­sa CTCE/CBITEC. A obra de­ve es­tar con­cluí­da num pe­río­do de dois anos.

A am­pli­a­ção do sis­te­ma de abas­te­ci­men­to de água a Mban­za Congo vai per­mi­tir au­men­tar a ca­pa­ci­da­de de pro­du­ção de 64 pa­ra 300 me­tros cú­bi­cos, pa­ra abas­te­cer um uni­ver­so po­pu­la­ci­o­nal de 155.174 ha­bi­tan­tes. O pro­jec­to, que vai ge­rar vá­ri­os pos­tos de tra­ba­lho di­rec­tos, pre­vê efec­tu­ar mil li­ga­ções do­mi­ci­li­a­res, 427 cha­fa­ri­zes e 3.397 li­ga­ções por tor­nei­ras de quin­tal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.