Jo­vens re­ce­bem for­ma­ção so­bre ma­nu­ten­ção

Jornal de Angola - - PROVÍNCIAS - ADRI­A­NO SAPALO | Ma­lan­je

Ao to­do, 90 jo­vens be­ne­fi­ci­am, des­de a se­ma­na fin­da, em Ma­lan­je, de um pro­gra­ma de for­ma­ção téc­ni­ca so­bre ope­ra­ção e ma­nu­ten­ção da cen­tral hidroeléctrica de Laúca.

A ac­ção for­ma­ti­va, pro­mo­vi­da pe­la Em­pre­sa Pú­bli­ca de Pro­du­ção de Ele­tri­ci­da­de (Pro­del), com a du­ra­ção de um ano e seis me­ses, vai mi­nis­trar ma­té­ri­as re­la­ci­o­na­das à sus­ten­ta­bi­li­da­de, se­gu­ran­ça do tra­ba­lho, de­sen­vol­vi­men­to de com­pe­tên­ci­as, no­ções so­bre o fun­ci­o­na­men­to de uma hi­dro­e­lé­tri­ca e do sis­te­ma eléc­tri­co de Angola, en­tre ou­tras.

A for­ma­ção vai ser sub­di­vi­di­da em qua­tro mó­du­los. O pri­mei­ro vai abor­dar te­má­ti­cas re­la­ti­vas à se­gu­ran­ça do tra­ba­lho, meio am­bi­en­te, le­gis­la­ção la­bo­ral, sis­te­ma eléc­tri­co de Angola e co­nhe­ci­men­tos ge­rais so­bre elec­tri­ci­da­de.

No se­gun­do mó­du­lo, que co­me­ça em De­zem­bro do ano em cur­so, os par­ti­ci­pan­tes vão apri­mo­rar co­nhe­ci­men­tos de ma­te­má­ti­ca, fí­si­ca, me­câ­ni­ca e en­ge­nha­ria ci­vil, de­ven­do o even­to con­tar com a co­la­bo­ra­ção do Ins­ti­tu­to Mé­dio In­dus­tri­al de Luanda (IMIL).

Já o ter­cei­ro mó­du­lo, que vai de Ja­nei­ro a Fe­ve­rei­ro do pró­xi­mo ano, vai abor­dar ma­té­ri­as que têm a ver com os equi­pa­men­tos em­pre­gues no sis­te­ma hi­dro­e­lec­tri­co de Laúca, en­quan­to o quar­to mó­du­lo con­sis­te em ac­ti­vi­da­des prá­ti­cas, atra­vés de ac­ti­vi­da­des de ro­ti­na e ma­nu­ten­ção as­so­ci­a­das às ac­ções de si­mu­la­ção e prá­ti­cas de la­bo­ra­tó­rio.

O di­rec­tor da em­pre­sa Ode­bre­ch, uma das exe­cu­to­ras do projecto, Mi­guel Fi­guei­re­do, dis­se que a for­ma­ção vai do­tar os par­ti­ci­pan­tes de fer­ra­men­tas in­dis­pen­sá­veis. De acor­do com Mi­guel Fi­guei­re­do, a ac­ção for­ma­ti­va é de ca­rác­ter per­ma­nen­te e vi­sa, de um mo­do ge­ral, trei­nar, re­qua­li­fi­car e re­ci­clar os qua­dros da­que­la im­po­nen­te obra de en­ge­nha­ria do país.

O cen­tro de for­ma­ção, acres­cen­tou, vai con­tar com a ins­ta­la­ção de la­bo­ra­tó­ri­os eléc­tro­me­câ­ni­cos, equi­pa­dos com sis­te­mas di­gi­tais, que, por sua vez, vão subs­ti­tuir os equi­pa­men­tos ana­ló­gi­cos, on­de os for­man­dos vão ter a opor­tu­ni­da­de de fa­zer trei­nos prá­ti­cos.

A di­rec­to­ra dos Re­cur­sos Hu­ma­nos da Pro­del, Te­re­sa Cor­reia, des­ta­cou os in­ves­ti­men­tos que o Exe­cu­ti­vo tem fei­to em di­ver­sas áre­as, com re­al­ce pa­ra os sec­to­res da Ener­gia, Saú­de e Edu­ca­ção.

Pro­du­ção de al­go­dão

A pro­du­ção de al­go­dão em Lu­kin­je, no mu­ni­cí­pio de Ca­lan­du­la, vai ser re­lan­ça­da no fi­nal des­te mês, anun­ci­ou o go­ver­na­dor pro­vin­ci­al de Ma­lan­je, Nor­ber­to dos San­tos.

O go­ver­na­dor, que fa­la­va no ter­mo de uma vi­si­ta à lo­ca­li­da­de, re­fe­riu que os ní­veis de pro­du­ção agrí­co­la em Lu­kin­je têm au­men­ta­do sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te, mas des­ta­cou a ne­ces­si­da­de do cul­ti­vo de al­go­dão, pa­ra for­ne­cer a in­dús­tria têx­til na­ci­o­nal. Nor­ber­to dos San­tos la­men­tou o fac­to de o país es­tar ain­da a im­por­tar al­go­dão, quan­do exis­tem con­di­ções pa­ra a pro­du­ção lo­cal. O res­pon­sá­vel ape­lou à po­pu­la­ção pa­ra co­la­bo­rar com o Go­ver­no nes­se sen­ti­do.

Na opor­tu­ni­da­de, o go­ver­na­dor en­tre­gou bens de pri­mei­ra ne­ces­si­da­de à po­pu­la­ção, com des­ta­que pa­ra ar­roz, óleo, mas­sa ali­men­tar, sal, pei­xe se­co, sa­bão, açú­car, con­ser­vas, além de en­xa­das, ca­ta­nas, rou­pa usa­da e mo­to­ri­za­das de três ro­das.

Ape­sar dos avan­ços da agri­cul­tu­ra, o mau es­ta­do das vi­as de aces­so a Lu­kin­je, a cer­ca de 265 qui­ló­me­tros a Nor­te da ca­pi­tal de Ma­lan­je, di­fi­cul­ta o es­co­a­men­to dos pro­du­tos do cam­po. O go­ver­na­dor Nor­ber­to dos San­tos dis­se que, “lo­go que ha­jam con­di­ções pa­ra re­pa­rar as es­tra­das, o Go­ver­no vai tra­çar es­tra­té­gi­as pa­ra in­ver­ter o ac­tu­al qua­dro”.

O re­ge­dor de Lu­kin­je, Gas­par Cas­sa­ca­la “Mi­lu­an­ga”, agra­de­ceu a ini­ci­a­ti­va do Go­ver­no, sa­li­en­tan­do que os bens re­ce­bi­dos vão aju­dar a mi­ni­mi­zar al­gu­mas di­fi­cul­da­des, mas de­fen­deu a ne­ces­si­da­de da re­a­bi­li­ta­ção ur­gen­te das vi­as ro­do­viá­ri­as. O re­ge­dor sa­li­en­tou ain­da que o Lu­kin­je tem en­fren­ta­do ca­rên­ci­as a ní­vel da Edu­ca­ção, Saú­de e co­mu­ni­ca­ções te­le­fó­ni­cas e tem ne­ces­si­da­de de vi­gi­lân­cia po­li­ci­al.

O re­ge­dor afir­mou que o nú­me­ro de jo­vens fo­ra do en­si­no atin­ge mais de 90 por cen­to, nu­ma al­tu­ra em que es­te gru­po so­ci­al de­di­ca mais tem­po à agri­cul­tu­ra, com des­ta­que pa­ra o cul­ti­vo de man­di­o­ca, gin­gu­ba, ca­na-de-açú­car, mi­lho, ba­ta­ta-do­ce, fei­jão e la­ran­ja.

JOÃO GO­MES

Bar­ra­gem de Laúca me­lho­ra fun­ci­o­na­men­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.