Fa­mí­li­as ame­a­ça­das por ra­vi­nas trans­fe­ri­das pa­ra zo­nas se­gu­ras

Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal dá apoio ao pro­gra­ma de au­to­cons­tru­ção di­ri­gi­da

Jornal de Angola - - PARTADA - AR­MAN­DO SAPALO | Dun­do

Um to­tal de 75 fa­mí­li­as dos bair­ros Ae­ro­por­to e Ca­man­quen­zo, no dis­tri­to ur­ba­no do Dun­do, cu­jas ca­sas cor­rem o ris­co de ser des­truí­das pe­las ra­vi­nas, es­tá a ser trans­fe­ri­do pa­ra zo­nas se­gu­ras, ga­ran­tiu on­tem a ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal-ad­jun­ta do Chitato.

He­le­na Sapalo dis­se que o pro­ces­so de re­gis­to dos re­fe­ri­dos ha­bi­tan­tes, a ní­vel da­que­la par­ce­la do mu­ni­cí­pio do Chitato, ini­ci­ou no mês de Fe­ve­rei­ro des­te ano, be­ne­fi­ci­an­do, nu­ma pri­mei­ra fa­se, 45 fa­mí­li­as do bair­ro Ae­ro­por­to.

A ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal-ad­jun­ta avan­çou que es­tas fa­mí­li­as es­tão a be­ne­fi­ci­ar de lo­tes de ter­re­no, na re­ser­va fun­diá­ria do Chitato 2, lo­ca­li­za­da no dis­tri­to ur­ba­no do Mus­sun­gue.

Acres­cen­tou que ca­da fa­mí­lia re­ce­beu das au­to­ri­da­des do mu­ni­cí­pio do Chitato, em co­or­de­na­ção com as di­rec­ções pro­vin­ci­ais da As­sis­tên­cia e Rein­ser­ção So­ci­al e da Pro­tec­ção Ci­vil, ma­te­ri­al de cons­tru­ção co­mo cha­pas de zin­co e ci­men­to.

He­le­na Sapalo ex­pli­cou ain­da que, no bair­ro Ca­man­quen­zo, as au­to­ri­da­des con­ta­bi­li­za­ram 30 ha­bi­ta­ções pre­cá­ri­as, cons­truí­das em lo­cais de ris­co. Nes­te mo­men­to, es­tão a ser cri­a­das as con­di­ções pa­ra a mu­dan­ça de­fi­ni­ti­va dos ha­bi­tan­tes pa­ra uma das re­ser­vas fun­diá­ri­as do Chitato.

A ad­mi­nis­tra­do­ra-ad­jun­ta dis­se que a pri­o­ri­da­de é a trans­fe­rên­cia dos ha­bi­tan­tes que se en­con­tram mais ex­pos­tos ao pe­ri­go pa­ra as re­ver­sas fun­diá­ri­as, on­de as ca­sas vão ser er­gui­das atra­vés da au­to­cons­tru­ção di­ri­gi­da.

A Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal de Chitato, ga­ran­tiu He­le­na Sapalo, vai pres­tar apoio téc­ni­co à cons­tru­ção de no­vas ha­bi­ta­ções, com vis­ta a se­rem sal­va­guar­da­das as nor­mas de or­de­na­men­to e ur­ba­ni­za­ção das no­vas uni­da­des ha­bi­ta­ci­o­nais.

“Es­ta­mos di­an­te de um pro­ble­ma so­ci­al pro­vo­ca­do pe­la ero­são dos so­los, mui­tas ve­zes, re­sul­tan­te do com­por­ta­men­to das pró­pri­as pes­so­as. Mas, as­se­gu­ra­mos que os téc­ni­cos da área de fis­ca­li­za­ção vão pres­tar o apoio téc­ni­co na cons­tru­ção das ca­sas ”, su­bli­nhou.

He­le­na Sapalo con­si­de­ra que só com me­di­das de fis­ca­li­za­ção ri­go­ro­sas, por par­te dos agen­tes das au­to­ri­da­des mu­ni­ci­pal e po­li­ci­al, se po­de evi­tar a cons­tru­ção anár­qui­ca de ca­sas em ter­re­nos pró­xi­mos das ra­vi­nas.

Re­al­çou que, pa­ra as ac­ções de sen­si­bi­li­za­ção, a Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal do Chitato con­ta com os agen­tes de de­sen­vol­vi­men­to co­mu­ni­tá­rio, que vão re­a­li­zar cam­pa­nhas jun­to da po­pu­la­ção so­bre os ris­cos de cons­tru­ção nas pro­xi­mi­da­des das ra­vi­nas.

En­quan­to is­so, tra­ba­lha­do­res afec­tos à Ad­mi­nis­tra­ção Mu­ni­ci­pal do Chitato to­mam me­di­das pa­li­a­ti­vas pa­ra tra­var o avan­ço das ra­vi­nas, que ame­a­çam des­truir vá­ri­as ca­sas. Pa­ra o efei­to, a ad­mi­nis­tra­ção vai man­dar cons­truir va­las de dre­na­gem, de acor­do com a dis­po­ni­bi­li­da­de fi­nan­cei­ra. Ou­tra so­lu­ção tem a ver com a ne­ces­si­da­de de as au­to­ri­da­des re­for­ça­rem ac­ções que vi­sam in­ter­di­tar a cons­tru­ção de ca­sas pre­cá­ri­as nas pro­xi­mi­da­des das ra­vi­nas da pe­ri­fe­ria e plan­tar ár­vo­res nes­ses lo­cais, pa­ra con­so­li­dar os so­los.

A res­pon­sá­vel do mu­ni­cí­pio de Chitato sa­li­en­tou que es­ta ac­ção vi­sa re­du­zir os ris­cos que as ra­vi­nas re­pre­sen­tam pa­ra vá­ri­as in­fra­es­tru­tu­ras, re­si­dên­ci­as e pa­ra a se­gu­ran­ça das fa­mí­li­as.

AR­MAN­DO SAPALO

Fa­mí­li­as da re­gião são acon­se­lha­das a evi­tar cons­truir em áre­as de ris­co e re­ce­bem apoio da ad­mi­nis­tra­ção em ma­te­ri­al de cons­tru­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.