Co­man­do põe or­dem na Po­lí­cia de Trân­si­to

Co­man­dan­te diz que os no­vos po­lí­ci­as vão res­ga­tar o res­pei­to da po­pu­la­ção

Jornal de Angola - - PARTADA - ANDRÉ DA COSTA |

O co­man­dan­te-ge­ral da Na­ci­o­nal pro­ce­deu on­tem, na Uni­da­de Ope­ra­ti­va de Luanda, ao lan­ça­men­to de 400 no­vos efectivos da Po­lí­cia de Trân­si­to, re­cen­te­men­te for­ma­dos, pa­ra subs­ti­tuir os an­ti­gos. Ambrósio de Lemos, que tam­bém fez a en­tre­ga de vi­a­tu­ras pa­ra apoi­ar as di­vi­sões de Po­lí­cia dos dis­tri­tos ur­ba­nos da Sam­ba, Mai­an­ga e In­gom­bo­ta, afir­mou que os no­vos efectivos vão res­pon­sa­bi­li­zar­se pe­la re­gu­la­ri­za­ção e fis­ca­li­za­ção da cir­cu­la­ção ro­do­viá­ria em obe­di­ên­cia ao Có­di­go de Es­tra­da. De­vem agir de for­ma pe­da­gó­gi­ca e pre­ven­ti­va pa­ra me­lho­rar a or­dem no trân­si­to au­to­mó­vel. O co­mis­sá­rio-ge­ral jus­ti­fi­cou a tro­ca de efectivos com a pre­o­cu­pa­ção do Co­man­do Ge­ral da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, do Mi­nis­té­rio do In­te­ri­or e da po­pu­la­ção em au­men­tar ca­da vez mais o pres­tí­gio e a dig­ni­da­de da cor­po­ra­ção, va­lo­res que es­ta­vam a ser man­cha­dos por agen­tes com “com­por­ta­men­tos me­nos cor­rec­tos”.

O co­man­dan­te-ge­ral da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, co­mis­sá­rio-ge­ral Ambrósio de Lemos, pro­ce­deu on­tem, na Uni­da­de Ope­ra­ti­va de Luanda, ao lan­ça­men­to de 400 no­vos efectivos da Po­lí­cia de Trân­si­to, re­cen­te­men­te for­ma­dos, pa­ra subs­ti­tuir os an­ti­gos.

Ambrósio de Lemos, que en­tre­gou vi­a­tu­ras de mar­ca Su­zu­ki Ji­mi, pa­ra apoi­ar as ac­ti­vi­da­des da Po­lí­cia de Trân­si­to nas di­vi­sões de Po­lí­cia da Sam­ba, Mai­an­ga e In­gom­bo­ta, afir­mou que, do­ra­van­te, os no­vos efectivos se vão res­pon­sa­bi­li­zar pe­la re­gu­la­ri­za­ção e fis­ca­li­za­ção da cir­cu­la­ção ro­do­viá­ria em obe­di­ên­cia ao Có­di­go de Es­tra­da e “agin­do de for­ma edu­ca­ti­va e pre­ven­ti­va pa­ra me­lho­rar a or­dem no trân­si­to”. A tro­ca de efectivos, dis­se, re­pre­sen­ta a pre­o­cu­pa­ção do Co­man­do Ge­ral da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, do Mi­nis­té­rio do In­te­ri­or e da po­pu­la­ção em ge­ral, com vis­ta a au­men­tar ca­da vez mais o pres­tí­gio e a dig­ni­da­de da cor­po­ra­ção, que es­ta­vam a ser man­cha­dos de­vi­do a com­por­ta­men­tos me­nos cor­rec­tos.

Se­gun­do Ambrósio de Lemos, os efectivos subs­ti­tuí­dos vão in­gres­sar nas es­co­las de Po­lí­cia, pa­ra re­ce­be­rem for­ma­ção nas vá­ri­as es­pe­ci­a­li­da­des, no­me­a­da­men­te, Or­dem Pú­bli­ca, Gu­ar­da Fron­tei­ra e Investigação Cri­mi­nal. Po­de­rão, as­sim, dar con­ti­nui­da­de à car­rei­ra po­li­ci­al e re­al­çou que o com­pro­mis­so de hon­ra fei­to pe­los no­vos po­li­ci­ais, aquan­do do ju­ra­men­to à ban­dei­ra, de­ve ser co­lo­ca­do em prá­ti­ca, “sa­ben­do cum­prir com as obri­ga­ções la­bo­rais com de­di­ca­ção, ho­nes­ti­da­de e res­pei­to pe­lo ci­da­dão e as leis em vi­gor no país.”

Ambrósio de Lemos ad­ver­tiu os efectivos a não en­ve­re­da­ram pe­lo há­bi­to da “fa­mo­sa ga­so­sa”, sob pe­na de lhes se­rem mo­vi­dos pro­ces­sos dis­ci­pli­na­res que po­dem vir a cul­mi­nar com a sua ex­pul­são da cor­po­ra­ção. “Os au­to­mo­bi­lis­tas de­vem evi­tar su­bor­nar os agen­tes do trân­si­to, sob pe­na de se­rem en­ca­mi­nha­dos a tri­bu­nal”, re­for­çou, lem­bran­do que o êxi­to da ac­tu­a­ção po­li­ci­al tem a ver, mai­o­ri­ta­ri­a­men­te, com o com­por­ta­men­to apre­sen­ta­do na rua, ha­ven­do ne­ces­si­da­de de ma­nu­ten­ção do res­pei­to pa­ra ga­ran­tir a sim­pa­tia da po­pu­la­ção.

Aos efectivos que aca­bam de ser re­mo­vi­dos da es­pe­ci­a­li­da­de de trân­si­to, dis­se que mui­tos de­les ti­ve­ram um bom com­por­ta­men­to, ao pas­so que ou­tros adop­ta­ram uma con­du­ta que man­chou, ne­ga­ti­va­men­te, a ima­gem da Po­lí­cia Na­ci­o­nal. “Es­pe­ro que, com a no­va es­pe­ci­a­li­za­ção em ou­tras áre­as, mu­dem o com­por­ta­men­to pe­ran­te o tra­ba­lho”, dis­se, rei­te­ran­do a es­pe­ran­ça de que o no­vo efec­ti­vo, ao lon­go do seu tra­ba­lho, aju­de a me­lho­rar a ima­gem da cor­po­ra­ção.

ANDRÉ DA COSTA

So­bre os om­bros dos no­vos efectivos es­tá a res­pon­sa­bi­li­da­de de re­cu­pe­rar a con­fi­an­ça

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.