Edu­ar­do Cu­nha per­de o man­da­to

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O an­ti­go pre­si­den­te do Con­gres­so (Parlamento) bra­si­lei­ro Edu­ar­do Cu­nha, o mes­mo que apro­vou o pro­ces­so de des­ti­tui­ção da Pre­si­den­te elei­ta Dil­ma Rous­seff, viu se­gun­da-fei­ra à noi­te o seu man­da­to cas­sa­do por fal­ta de de­co­ro par­la­men­tar, por 450 vo­tos a fa­vor, dez con­tra e no­ve abs­ten­ções. Com a de­ci­são do ple­ná­rio, Cu­nha, 57 anos, fi­ca ine­le­gí­vel por oi­to anos. Com is­so, es­tá proi­bi­do de dis­pu­tar elei­ções até 2026. Além dis­so, per­de o cha­ma­do “fo­ro pri­vi­le­gi­a­do”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.