Tra­ba­lha­do­res re­ce­bem for­ma­ção

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - ED­NA DALA |

A em­pre­sa Edi­ções No­vem­bro, pro­pri­e­tá­ria do Jor­nal de Angola, Jor­nal dos Des­por­tos, Eco­no­mia & Fi­nan­ças e Jor­nal Cul­tu­ra, abriu on­tem na sua se­de, em Luanda, o pri­mei­ro cur­so de Lín­gua Por­tu­gue­sa pa­ra os jor­na­lis­tas e tra­ba­lha­do­res de ou­tras áre­as.

O ac­to, que se tra­du­ziu tam­bém no pri­mei­ro de for­ma­ção pro­fis­si­o­nal des­de a inau­gu­ra­ção do au­di­tó­rio, re­gis­tou mais de 100 fun­ci­o­ná­ri­os que par­ti­ci­pam na for­ma­ção.

Na ses­são de aber­tu­ra do cur­so, o pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da em­pre­sa, António Jo­sé Ri­bei­ro, dis­se que a co­mu­ni­ca­ção so­ci­al pre­ci­sa de usar com mes­tria o seu ins­tru­men­to fun­da­men­tal de tra­ba­lho, a lín­gua.

Jo­sé Ri­bei­ro in­di­cou que é o gran­de do­mí­nio das for­mas de co­mu­ni­ca­ção que de­ter­mi­na a qua­li­da­de da in­for­ma­ção.

O pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção re­co­nhe­ceu que “ape­sar dos avan­ços re­gis­ta­dos com a cri­a­ção do copy desk e me­lho­res edi­to­res, ve­ri­fi­ca-se ain­da er­ros no tex­to jor­na­lís­ti­co, no jo­go en­tre o sin­tag­ma e o pa­ra­dig­ma tex­tu­al.”

Jo­sé Ri­bei­ro su­bli­nhou que o cur­so é o meio mais viá­vel pa­ra se col­ma­tar es­tas la­cu­nas, por is­so, acres­cen­tou, a em­pre­sa vai dei­xar de ad­mi­tir, no fu­tu­ro, pes­so­as que não do­mi­nem o co­nhe­ci­men­to e não quei­ram apren­der.

O pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção de­fen­deu a ne­ces­si­da­de de me­lho­rar-se a qua­li­da­de dos pro­du­tos editoriais e em­pre­sa­ri­ais “se qui­ser­mos ven­cer nesta era de gran­de e rá­pi­do pro­gres­so das tec­no­lo­gi­as de in­for­ma­ção e co­mu­ni­ca­ção em que o pa­ra­dig­ma do tex­to es­tá a mu­dar.”

O cur­so es­tá a ser ori­en­ta­do pe­lo di­rec­tor do Jor­nal Cul­tu­ra, Luís Men­don­ça, e tem co­mo ob­jec­ti­vo ga­ran­tir aos participantes com­pe­tên­cia lin­guís­ti­ca na es­fe­ra da re­dac­ção jor­na­lís­ti­ca em lín­gua por­tu­gue­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.