Fun­do So­be­ra­no apoia fa­mí­li­as vul­ne­rá­veis

Jornal de Angola - - POLÍTICA - JUSTINO VICTORINO |

Pro­jec­tos de me­lho­ria da se­gu­ran­ça ali­men­tar e nutricional pro­mo­vi­dos pe­lo Fun­do So­be­ra­no de Angola es­tão a be­ne­fi­ci­ar 1.600 fa­mí­li­as vul­ne­rá­veis dos mu­ni­cí­pi­os da Chi­ca­la Cho­lohan­ga, no Hu­am­bo, e do Cuito e Nha­rêa, na pro­vín­cia do Bié.

De­sen­vol­vi­do des­de o ano pas­sa­do, o pro­jec­to tem co­mo fi­na­li­da­de re­for­çar a pro­du­ção agrí­co­la e me­lho­rar a si­tu­a­ção nutricional da po­pu­la­ção, atra­vés do re­for­ço da ca­pa­ci­da­de téc­ni­ca e de ges­tão dos agri­cul­to­res lo­cais, for­ta­le­cer o as­so­ci­a­ti­vis­mo ru­ral, fo­men­tar as cul­tu­ras e cri­a­ção ani­mal, me­lho­rar a ca­pa­ci­da­de de pre­pa­ra­ção de ter­ras e au­men­tar os co­nhe­ci­men­to na área da nu­tri­ção.

Pa­ra ava­li­ar o an­da­men­to dos pro­jec­tos, es­tá des­de on­tem no Hu­am­bo uma de­le­ga­ção do Fun­do So­be­ra­no de Angola che­fi­a­da pe­lo seu pre­si­den­te, Jo­sé Fi­lo­me­no dos San­tos, que es­tá a man­ter con­tac­tos com par­cei­ros do pro­jec­to e a ve­ri­fi­car os ca­sos de su­ces­so dos agri­cul­to­res e fa­mí­li­as apoi­a­das.

Os pro­jec­tos es­tão de­sen­vol­vi­dos pe­la Pe­o­ple-in-Ne­ed ( PIN), des­de Mar­ço do ano pas­sa­do e têm a du­ra­ção de dois anos. A pre­vi­são é apoi­ar 1.500 fa­mí­li­as, em 45 al­dei­as do Bié e Hu­am­bo, pa­ra me­lho­ria da agri­cul­tu­ra, e três mil fa­mí­li­as a adop­ta­rem me­lho­res prá­ti­cas de nu­tri­ção. Pa­ra ga­ran­tir o bom an­da­men­to dos pro­jec­tos fo­ram dis­tri­buí­dos ins­tru­men­tos agrí­co­las e es­ta­be­le­ci­dos po­ma­res, hor­tas e la­vras pa­ra fa­mí­li­as cam­po­ne­sas, além de 45 aviá­ri­os com sis­te­mas de re­ga.

O pro­gra­ma re­ser­va tam­bém a for­ma­ção de ofi­ci­ais de cam­po e fo­men­to de cul­tu­ras com po­ten­ci­al pa­ra me­lho­rar a nu­tri­ção das fa­mí­li­as. Nes­te âm­bi­to, mais de 700 be­ne­fi­ciá­ri­os fo­ram for­ma­dos em pro­du­ção hor­to­fru­tí­co­la, pro­du­ção de adu­bos or­gâ­ni­co por com­pos­ta­gem, cul­tu­ras com re­ga­dio, cri­a­ção de aves, en­tre ou­tras fer­ra­men­tas. No do­mí­nio da nu­tri­ção, fo­ram tam­bém for­ma­dos agen­tes co­mu­ni­tá­ri­os em saú­de e a ma­nu­ten­ção de um pro­gra­ma se­ma­nal de rá­dio.

A de­le­ga­ção es­tá a ava­li­ar os cons­tran­gi­men­tos, al­ter­na­ti­vas de con­tor­no, pers­pec­ti­vas e pla­no de sus­ten­ta­bi­li­da­de, co­nhe­cer o tra­ba­lho que foi fei­to, ou­vir os pro­du­to­res, ob­ser­var co­mo o pro­jec­to es­tá a con­tri­buir pa­ra me­lho­ria das prá­ti­cas agrí­co­las, bem co­mo a adop­ção de há­bi­tos nu­tri­ci­o­nais mais sau­dá­veis.

MAVITIDI MULAZA

Pre­si­den­te do Fun­do So­be­ra­no du­ran­te uma ac­ção so­ci­al na pro­vín­cia do Bié

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.