So­pa de Le­tras

Jornal de Angola - - LAZER -

Num res­tau­ran­te, o pa­trão, pa­ra fa­zer a sua pu­bli­ci­da­de, afi­xou uma pla­ca a di­zer: “Te­mos san­des de tu­do”

En­trou um cli­en­te e, ar­ma­do em es­per­to, pe­diu:

Por fa­vor, dê-me uma san­des de car­ne de ba­leia.

O pa­trão he­si­tou mas… após al­gu­ma re­fle­xão… per­gun­tou em voz al­ta pa­ra os ou­tros cli­en­tes:

Al­guém mais quer uma san­des de car­ne de ba­leia, por fa­vor?

Co­mo nin­guém res­pon­deu, vol­tou­se pa­ra o cli­en­te “es­per­to” e dis­se:

Des­cul­pe, se­nhor, mas não vou en­ce­tar uma ba­leia só por sua cau­sa. En­con­tre as se­guin­tes dan­ças:

ya­mi, ku­di­la e co­le­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.