Moçambique gas­ta mi­lhões de dó­la­res

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

As au­to­ri­da­des mo­çam­bi­ca­nas gas­ta­ram 332,5 mi­lhões de dó­la­res nor­te-americanos em 2014 na im­ple­men­ta­ção de pro­gra­mas de pre­ven­ção e tra­ta­men­to do VIH/Sida em to­do o ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal.

Fa­lan­do du­ran­te a apre­sen­ta­ção do re­la­tó­rio de Me­di­ção de Gas­tos em VIH e Sida (MIGAS) em Moçambique, Ben­ja­mim Go­bet, da ONUSIDA, re­fe­riu que 314 mi­lhões de dó­la­res des­te mon­tan­te, ou se­ja 94 por cen­to, são fun­dos pro­ve­ni­en­tes de aju­da ex­ter­na.

O Es­ta­do, se­gun­do Ben­ja­min Go­bet, de­sem­bol­sou 16,2 mi­lhões de dó­la­res nor­te-americanos pa­ra os pro­gra­mas de pre­ven­ção e com­ba­te a es­ta pan­de­mia, o equi­va­len­te a cin­co por cen­to do to­tal de gas­tos.

A mai­o­ria dos fun­dos, em 2014, es­cla­re­ceu Ben­ja­mim Go­bet, foi des­ti­na­da ao di­ag­nós­ti­co, cui­da­dos e tra­ta­men­to (38 por cen­to), co­or­de­na­ção e re­for­ço dos sis­te­mas (34 por cen­to), pre­ven­ção da trans­mis­são se­xu­al (15 por cen­to), pre­ven­ção da trans­mis­são ver­ti­cal (se­te por cen­to), for­ma­ção e si­ner­gi­as (cin­co por cen­to) e se­gu­ran­ça do san­gue (dois por cen­to).

Go­bet fri­sou que ca­da por­ta­dor do VIH em Moçambique con­su­miu 225,2 dó­la­res nor­te-americanos. Na pre­ven­ção por ha­bi­tan­te mai­or de 15 anos fo­ram gas­tos 6,7 dó­la­res nor­te-americanos e 180,2 no tra­ta­men­to por pes­soa. “A im­ple­men­ta­ção do Pla­no Na­ci­o­nal Es­tra­té­gi­co (PEN IV) ne­ces­si­ta­rá de 495 mi­lhões de dó­la­res nor­te­a­me­ri­ca­nos em 2019, o que re­pre­sen­ta uma la­cu­na fi­nan­cei­ra de 163 mi­lhões de dó­la­res nor­te­a­me­ri­ca­nos nes­se ano”, dis­se.

Em 2019, as com­po­nen­tes de an­ti-re­tro­vi­rais e re­a­gen­tes re­gis­ta­rão uma la­cu­na fi­nan­cei­ra de 361 mi­lhões de dó­la­res.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.