Su­per­vi­so­res pe­da­gó­gi­cos que­rem es­ta­tu­to

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

O se­mi­ná­rio de for­ma­ção de su­per­vi­são es­co­lar, que ter­mi­nou on­tem no Huambo, re­co­men­dou a cri­a­ção de um es­ta­tu­to pa­ra su­per­vi­so­res pe­da­gó­gi­cos.

No co­mu­ni­ca­do fi­nal dis­tri­buí­do à im­pren­sa, os par­ti­ci­pan­tes re­co­men­da­ram à di­rec­ção pro­vin­ci­al da Edu­ca­ção, Ci­ên­cia e Tec­no­lo­gia, a no­me­a­ção de su­per­vi­so­res na ca­te­go­ria es­pe­cí­fi­ca e, ao mes­mo tem­po, a cri­a­ção de con­di­ções de tra­ba­lho pa­ra me­lhor de­sem­pe­nho.

Os par­ti­ci­pan­tes so­li­ci­ta­ram a ins­ta­la­ção de mei­os tec­no­ló­gi­cos e a dis­po­ni­bi­li­za­ção de trans­por­te pa­ra que o seu tra­ba­lho nas ins­ti­tui­ções de en­si­no pos­sa ter um im­pac­to po­si­ti­vo no que diz res­pei­to à me­lho­ria do en­si­no e apren­di­za­gem.

A for­ma­ção de su­per­vi­são es­co­lar de­cor­reu nos me­ses de Fe­ve­rei­ro, Maio e Agos­to, sob o le­ma “Pre­ci­sa­mos de mar­car pas­sos se­gu­ros, sem per­da de tem­po, uti­li­zan­do os re­cur­sos dis­po­ní­veis sem des­pen­der mui­tas ener­gi­as”.

De acor­do com o co­mu­ni­ca­do fi­na­lo , a ac­ção de for­ma­ção per­mi­tiu cri­ar ca­pa­ci­da­des téc­ni­cas e for­ne­cer ins­tru­men­tos de apoio às ac­ti­vi­da­des de su­per­vi­são.

Du­ran­te a for­ma­ção fo­ram apro­fun­da­das ques­tões co­mo “O con­cei­to de su­per­vi­são pe­da­gó­gi­ca”, “A di­men­são cons­tru­ti­va da su­per­vi­são”, “Pro­jec­to edu­ca­ti­vo de es­co­la” e “Ace­le­ra­ção es­co­lar”.

A for­ma­ção in­ci­diu ain­da so­bre “O mé­to­do sim, eu pos­so”, “Ti­pos e me­to­do­lo­gi­as da su­per­vi­são”, “Téc­ni­ca e prá­ti­ca de es­cri­ta de ex­pres­são oral em lín­gua por­tu­gue­sa”, “Tra­ta­men­to de da­dos es­ta­tís­ti­cos” e “Con­tro­lo da qua­li­da­de edu­ca­ti­va”, en­tre ou­tros te­mas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.