He­li­cóp­te­ro cai e to­dos ocu­pan­tes mor­rem

ACON­TE­CEU EM CA­BIN­DA Ca­bin­da Gulf Oil Com­pany pro­me­te apoi­ar as fa­mí­li­as das ví­ti­mas

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - FULA MARTINS | AL­BER­TO COELHO |

Um he­li­cóp­te­ro ao ser­vi­ço da Ca­bin­da Gulf Oil Com­pany (Cab­goc), sub­si­diá­ria da Che­vron Cor­po­ra­ti­on, des­pe­nhou-se se­gun­da-fei­ra em Ca­bin­da, pro­vo­can­do a mor­te dos seis ocu­pan­tes, con­fir­mou, on­tem, em con­fe­rên­cia de im­pren­sa, em Lu­an­da, a di­rec­ção da em­pre­sa pe­tro­lí­fe­ra.

O apa­re­lho, per­ten­cen­te à em­pre­sa He­li-Ma­lon­go, par­tiu da ba­se de Ma­lon­go às 15h23 com des­ti­no à pla­ta­for­ma pe­tro­lí­fe­ra "Tôm­bu­aLan­da­na" e, a meio do per­cur­so, des­pe­nhou-se no oce­a­no Atlân­ti­co.

O di­rec­tor-ge­ral da CAB­GOC, John Baltz, in­for­mou, na con­fe­rên­cia de im­pren­sa, re­a­li­za­da na se­de da em­pre­sa, na No­va Mar­gi­nal, que, por vol­ta das 15h30 per­de­ram a co­mu­ni­ca­ção com o he­li­cóp­te­ro.

Tão lo­go a in­for­ma­ção so­bre o de­sa­pa­re­ci­men­to do apa­re­lho foi con­fir­ma­da, co­me­ça­ram as ope­ra­ções de bus­cas e sal­va­men­to, com o en­vol­vi­men­to de 19 em­bar­ca­ções e três he­li­cóp­te­ros. A úl­ti­ma lo­ca­li­za­ção do apa­re­lho, acres­cen­tou o ges­tor da em­pre­sa, foi nu­ma al­tu­ra em que já ti­nha per­cor­ri­do par­te dos 80 qui­ló­me­tros em di­rec­ção à pla­ta­for­ma Tômbwa-Lan­da­na.

Os des­tro­ços do he­li­cóp­te­ro fo­ram avis­ta­dos por vol­ta das 18h30 e pou­co tem­po de­pois re­cu­pe­ra­dos os cor­pos de qu­a­tro dos seis ocu­pan­tes do apa­re­lho. John Baltz in­for­mou que, das seis ví­ti­mas, ape­nas uma era fun­ci­o­ná­ria da Ca­bin­da Gulf Oil Com­pany e as res­tan­tes tra­ba­lha­vam pa­ra em­pre­sas que pres­tam ser­vi­ços à CAB­GOC.

As bus­cas vão con­ti­nu­ar até à lo­ca­li­za­ção dos dois úl­ti­mos cor­pos e já fo­ram ac­ci­o­na­dos os equi­pa­men­tos es­pe­ci­a­li­za­dos pa­ra a de­tec­ção das in­for­ma­ções do cock­pit.

Uma in­ves­ti­ga­ção in­ter­na pa­ra apu­rar as cau­sas do aci­den­te do he­li­cóp­te­ro, do ti­po Bell 430, foi aber­ta no mes­mo dia da qu­e­da da ae­ro­na­ve.

Van­da An­dra­de, di­rec­to­ra dos Ser­vi­ços Em­pre­sa­ri­ais da Cab­goc, dis­se que a pri­o­ri­da­de con­ti­nua a ser as bus­cas pa­ra lo­ca­li­zar os dois cor­pos. “O mo­men­to é de dor e tris­te­za, pa­ra a em­pre­sa e pa­ra as fa­mí­li­as das ví­ti­mas”, de­cla­rou Van­da An­dra­de, as­se­gu­ran­do que psi­có­lo­gos da em­pre­sa es­tão a apoi­ar as fa­mí­li­as das ví­ti­mas.

O de­par­ta­men­to de Re­cur­sos Hu­ma­nos da Cab­goc es­tá a en­vi­dar es­for­ços pa­ra se pres­tar a as­sis­tên­cia ne­ces­sá­ria às fa­mí­li­as das ví­ti­mas.

A em­pre­sa es­tá a no­ti­fi­car as fa­mí­li­as, daí se ter re­cu­sa­do a for­ne­cer à im­pren­sa os no­mes e a na­ci­o­na­li­da­de das seis ví­ti­mas. Tão lo­go ha­ja mais in­for­ma­ções, a em­pre­sa vai ter um ou­tro en­con­tro com a im­pren­sa. O di­rec­tor pa­ra a área de Saú­de, Am­bi­en­te e Se­gu­ran­ça no Tra­ba­lho da CAB­GOC, Gabriel Iva­ba, as­se­gu­rou que os téc­ni­cos e mei­os en­vol­vi­dos nas bus­cas vão tra­ba­lhar até que se­jam en­con­tra­dos os cor­pos dos dois fun­ci­o­ná­ri­os.

Em­bo­ra não te­nham si­do ofi­ci­al­men­te di­vul­ga­dos os no­mes dos qu­a­tro fun­ci­o­ná­ri­os cu­jos cor­pos já fo­ram re­cu­pe­ra­dos, a Te­le­vi­são Pú­bli­ca de An­go­la (TPA) di­vul­gou, a par­tir da pro­vín­cia de Ca­bin­da, que se tra­ta de Fran­cis­co Wal­ter, Pau­lo Se­bas­tião Ndom­ba­xi, Ger­son Bum­ba Qui­a­no e Jo­sé Ca­pi­ta.

MARIA AUGUSTA

Di­rec­tor-ge­ral da em­pre­sa pe­tro­lí­fe­ra quan­do fa­la­va na con­fe­rên­cia de im­pren­sa so­bre a tra­gé­dia que aba­lou o co­lec­ti­vo de tra­ba­lha­do­res

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.