Ex­tre­mo Car­los Mo­rais foi o me­lhor mar­ca­dor

Jornal de Angola - - DESPORTO - ANAXIMANDRO MA­GA­LHÃES |

Com 13 pontos, o ex­tre­mo in­ter­na­ci­o­nal an­go­la­no, Car­los Mo­rais, 1,92 me­tros, foi o me­lhor mar­ca­dor do Sport Lis­boa e Ben­fi­ca, na par­ti­da em que a equi­pa por­tu­gue­sa per­deu por 72-75, di­an­te dos ita­li­a­nos do Va­re­se, no jo­go re­fe­ren­te à pri­mei­ra mão de aces­so à fa­se de gru­pos da Li­ga dos Clu­bes Cam­peões se­ni­o­res mas­cu­li­nos de bas­que­te­bol.

Eis a lis­ta dos me­lho­res mar­ca­do­res do de­sa­fio, Car­los Mo­rais (13), Ra­ven Bar­ber (12), Da­mi­an Hol­lis (11), Car­los An­dra­de (10), João So­a­res (9), Má­rio Fer­nan­des (6), Nu­no Oli­vei­ra (5), De­rek Rai­vio (4) e Mar­ko Lon­co­vic (2).

De 30 anos, Mo­rais, elei­to Me­lhor Jo­ga­dor (MVP) do Cam­pe­o­na­to Afri­ca­no das Nações, em 2013, nu­ma pro­va dis­pu­ta­da em Abid­jan, Cos­ta do Marfim, pa­re­ce es­tar de­ter­mi­na­do a jus­ti­fi­car a apos­ta fei­ta na sua con­tra­ta­ção pe­los lis­bo­e­tas, ac­tu­ais vi­ce-cam­peões lu­sos.

An­tes, na 4ª edi­ção do Tor­neio In­ter­na­ci­o­nal, jo­ga­do na ca­pi­tal por­tu­gue­sa e ga­nho pe­lo Ben­fi­ca, Car­los Mo­rais, es­tre­a­do na Se­lec­ção Na­ci­o­nal em 2005, com a qual já er­gueu qua­tro tí­tu­los do Afro­bas­ket´2005, 2007, 2009 e 2013, ti­nha si­do o me­lhor mar­ca­dor com 19 pontos, no en­con­tro fren­te à equi­pa es­pa­nho­la do Pal­ma Air Eu­ro­pa.

No jo­go se­guin­te, an­te a sua an­ti­ga for­ma­ção, o Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo, o atle­ta te­ve uma exi­bi­ção dis­cre­ta, com uma pro­du­ti­vi­da­de abai­xo da mé­dia, ao con­ver­ter ape­nas 8 pontos.

Ho­je, às 19h00, no Pa­laz­zet­to del­lo Sport “Li­no Ol­dri­ni”, em Va­re­se, Itá­lia, o Ben­fi­ca ten­ta fren­te aos an­fi­triões as­se­gu­rar a qua­li­fi­ca­ção, num en­con­tro pon­tuá­vel pa­ra a se­gun­da e der­ra­dei­ra mão. Os en­car­na­dos par­tem pa­ra o du­e­lo com uma des­van­ta­gem de três pontos, nú­me­ro que te­rão de anu­lar pa­ra se­gui­rem em fren­te na pro­va.

Após a sua con­tra­ta­ção, o ca­pi­tão da se­lec­ção an­go­la­na dis­se aos ór­gãos de co­mu­ni­ca­ção so­ci­al por­tu­gue­ses ser “uma hon­ra po­der fa­zer par­te do Ben­fi­ca. É um clu­be que dis­pen­sa qual­quer apre­sen­ta­ção. Uma equi­pa com um his­to­ri­al enor­me e que to­do o mun­do conhece. Pa­ra além de eu gos­tar mui­to do pro­jec­to que o Ben­fi­ca me apre­sen­tou pa­ra es­ta épo­ca e a épo­ca se­guin­te, sou ben­fi­quis­ta des­de que me co­nhe­ço co­mo pes­soa. E vir pa­ra cá, é co­mo se fos­se a ce­re­ja no to­po do bo­lo. Es­tou mui­to fe­liz por es­tar aqui e em po­der fa­zer par­te des­te grande pro­jec­to. Es­tou em crer que, jun­tos, po­de­mos fa­zer coi­sas mui­to bo­as”, pers­pec­ti­vou o reforço da equi­pa trei­na­da por Car­los Lis­boa, an­ti­go co­le­ga de Je­an Jac­ques da Con­cei­ção e de Jo­sé Car­los Gui­ma­rães, du­as das prin­ci­pais re­fe­rên­ci­as do bas­que­te­bol em An­go­la.

M MACHANGONGO

In­ter­na­ci­o­nal an­go­la­no bri­lha na Eu­ro­pa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.