Ma­nu­el Tun­ga­vo ven­ce An­tó­nio Jacinto

Jornal de Angola - - CULTURA - MÁ­RIO COHEN |

O li­vro “Os se­gre­dos da se­men­te e a pin­tu­ra do olhar”, da au­to­ria de Ma­nu­el Tun­ga­vo, 33 anos, na­tu­ral da pro­vín­cia do Hu­am­bo, é o gran­de ven­ce­dor da edi­ção 2016 do Pré­mio Literário An­tó­nio Jacinto, cu­ja ou­tor­ga do tro­féu foi re­a­li­za­da quar­ta-fei­ra, à noi­te, no Pa­lá­cio de Fer­ro, na Bai­xa de Lu­an­da.

O ven­ce­dor do pré­mio re­ce­beu o di­plo­ma de mé­ri­to e um che­que no va­lor de 850 mil kwan­zas das mãos do se­cre­tá­rio do Es­ta­do da Cul­tu­ra, Cor­né­lio Ca­ley, e do re­pre­sen­tan­te do pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção do Ban­co Pou­pan­ça e Cré­di­to (BPC), pa­tro­ci­na­dor do con­cur­so, An­tó­nio Pan­gui­la, res­pec­ti­va­men­te.

O li­vro pre­mi­a­do cons­ti­tui um po­e­má­rio que mar­ca o iní­cio do per­cur­so do no­vo au­tor que pro­cu­ra in­te­grar as in­fluên­ci­as de vo­zes no­tá­veis da po­e­sia an­go­la­na.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do da Cul­tu­ra exor­tou os jo­vens a bus­ca­rem mais co­nhe­ci­men­tos so­bre a obra e vi­da de An­tó­nio Jacinto, por ser uma das gran­des fi­gu­ras no­tá­veis da li­te­ra­tu­ra an­go­la­na, prin­ci­pal­men­te na ar­te da es­cri­ta de po­e­mas.

Cor­né­lio Ca­ley dis­se que a po­e­sia de An­tó­nio Jacinto vai pas­sar de ge­ra­ção em ge­ra­ção, pois, co­mo fri­sou, “to­dos ven­ce­do­res do pré­mio não só pri­vi­le­gi­am An­tó­nio Jacinto, as­sim co­mo a cul­tu­ra na­ci­o­nal.”

De acor­do com o go­ver­nan­te, o Mi­nis­té­rio da Cul­tu­ra de­se­ja que o pré­mio se­ja co­nhe­ci­do de Ca­bin­da ao Cu­ne­ne, pa­ra des­per­tar “a von­ta­de de ca­da um de nós de trans­mi­tir o que nos vem na al­ma”, dis­se.

An­tó­nio Pan­gui­la ga­ran­tiu que, ape­sar da cri­se eco­nó­mi­ca que o país en­fren­ta de­vi­do à bai­xa do pre­ço do pe­tró­leo no mer­ca­do mun­di­al, o Ban­co Pou­pan­ça e Cré­di­to vai con­ti­nu­ar a apoi­ar não só o pré­mio em ques­tão, mas tam­bém ou­tras ini­ci­a­ti­vas cul­tu­rais, no âm­bi­to do seu pro­gra­ma de ac­ção so­ci­al.

O es­cri­tor An­tó­nio Fon­se­ca, que pre­fa­ci­ou o li­vro e apre­sen­tou-o na ce­ri­mó­nia de ou­tor­ga, dis­se que Ma­nu­el Tun­ga­vo co­me­çou bem a sua car­rei­ra li­te­rá­ria, por ser um po­e­ta da no­va ge­ra­ção que ini­cia um per­cur­so apre­sen­tan­do à luz do dia com ar­te e mes­tria “Os se­gre­dos da se­men­te e a pin­tu­ra do olhar”.

Na óp­ti­ca de An­tó­nio Fon­se­ca , o ven­ce­dor da pre­sen­te edi­ção do Pré­mio literário An­tó­nio Jacinto é um no­vo ilu­mi­na­do da po­e­sia an­go­la­na. Ma­nu­el Tun­ga­vo dis­se ao Jor­nal de An­go­la que a sua gran­de me­ta, nes­sa ca­mi­nha­da ain­da lon­gín­qua, é a con­quis­ta do mer­ca­do literário na­ci­o­nal e, pos­te­ri­or­men­te, a in­ter­na­ci­o­na­li­za­ção dos seus es­cri­tos.

Pa­ra o ven­ce­dor, es­te ga­lar­dão re­pre­sen­ta o mais al­to e su­bli­me mo­men­to da sua tra­jec­tó­ria ar­tís­ti­ca, uma vez que é atri­buí­do no mês de Se­tem­bro, de­di­ca­do ao Po­e­ta Mai­or, An­tó­nio Agos­ti­nho Ne­to

Va­lo­ri­za­ção

Ins­ti­tuí­do em 1993, o con­cur­so tem co­mo fi­na­li­da­de ho­me­na­ge­ar o po­e­ta An­tó­nio Jacinto do Ama­ral Mar­tins, uma re­fe­rên­cia da li­te­ra­tu­ra e cul­tu­ra na­ci­o­nal. O pré­mio tem tam­bém um gran­de ob­jec­ti­vo: a des­co­ber­ta de no­vos cri­a­do­res pa­ra se­rem in­se­ri­dos no mer­ca­do literário. Des­de a sua ins­ti­tui­ção, já fo­ram con­sa­gra­dos 21 es­cri­to­res, cu­jas obras fo­ram 14 em po­e­sia e se­te em pro­sa, bem co­mo atri­buí­das se­te men­ções hon­ro­sas. O con­cur­so é re­a­li­za­do pe­lo Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal das In­dús­tri­aa Cul­tu­rais, com o apoio do BPC.

An­tó­nio Jacinto nas­ceu em 1924, no Cu­an­za Nor­te, no­ta­bi­li­zou-se co­mo po­e­ta e con­tis­ta da ge­ra­ção Men­sa­gem e co­mo mem­bro do Movimento de No­vos In­te­lec­tu­ais de An­go­la.

É mem­bro fun­da­dor da União dos Es­cri­to­res An­go­la­nos. Ga­nhou vá­ri­os con­cur­sos co­mo os pré­mi­os No­ma, o Lo­tus da As­so­ci­a­ção dos Es­cri­to­res Afro-Asiá­ti­cos e o Pré­mio Na­ci­o­nal de Li­te­ra­tu­ra.

EDU­AR­DO PE­DRO

Se­cre­tá­rio do Es­ta­do Cor­né­lio Ca­ley pro­ce­deu à en­tre­ga do di­plo­ma de mé­ri­to ao ven­ce­dor da pre­sen­te edi­ção do pré­mio An­tó­nio Jacinto

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.