Dis­cu­ti­do or­ça­men­to pa­ra a Edu­ca­ção

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - CAR­LA BUMBA |

Mem­bros da so­ci­e­da­de ci­vil dis­cu­ti­ram on­tem, em Lu­an­da, a con­tri­bui­ção do or­ça­men­to pa­ra a Edu­ca­ção na vi­da do ci­da­dão, das ins­ti­tui­ções pú­bli­cas e da so­ci­e­da­de ci­vil em ge­ral.

A dis­cus­são do te­ma foi fei­ta no fó­rum de­no­mi­na­do “Jan­go te­má­ti­co”, que de­cor­reu na União dos Es­cri­to­res An­go­la­nos, pro­mo­vi­do pe­la Re­de An­go­la­na da So­ci­e­da­de Ci­vil de Edu­ca­ção pa­ra To­dos e pe­la ADRA.

Na aber­tu­ra do even­to, Car­los Cam­bu­ta, ges­tor do pro­gra­ma de de­sen­vol­vi­men­to co­mu­ni­tá­rio da ADRA, lem­brou que o sec­tor da Edu­ca­ção so­freu uma re­du­ção na or­dem de 6,6 por cen­to.

Na sua opi­nião, a re­du­ção vai ter im­pli­ca­ções no cum­pri­men­to dos ob­jec­ti­vos na­ci­o­nais da Edu­ca­ção, cri­an­do trans­tor­nos ao Pla­no Na­ci­o­nal de De­sen­vol­vi­men­to, que o Go­ver­no pre­ten­de in­ten­si­fi­car. Um dos pro­gra­mas que po­de fi­car com­pro­me­ti­do é o da al­fa­be­ti­za­ção. Com uma ta­xa de anal­fa­be­tis­mo na or­dem dos 34, 5 por cen­to, nu­ma po­pu­la­ção com ida­de su­pe­ri­or a 15 anos, por ter ha­vi­do uma re­du­ção, as di­fi­cul­da­des pa­ra a ma­te­ri­a­li­za­ção vão ser mai­o­res, aler­tou o res­pon­sá­vel.

Car­los Cam­bu­ta in­sis­tiu tam­bém na ne­ces­si­da­de da pro­mo­ção do de­sen­vol­vi­men­to dos re­cur­sos hu­ma­nos do país.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.