Fes­ti­val “Vis a Vis” che­ga a Lu­an­da

Jornal de Angola - - CULTURA - AN­TÓ­NIO BEQUENGUE |

Ga­ran­tir es­ta­bi­li­da­de na pre­sen­ça da música afri­ca­na, em ge­ral, e an­go­la­na, em par­ti­cu­lar, no mer­ca­do es­pa­nhol, por via do fes­ti­val mu­si­cal “Vis a Vis” e do tu­ris­mo cul­tu­ral, é um dos pro­pó­si­tos da vi­si­ta que o di­rec­tor­ge­ral da Ca­sa Áfri­ca de Las Pal­mas fez ao país, vi­san­do um mai­or in­ter­câm­bio cul­tu­ral e tu­rís­ti­co en­tre os dois paí­ses.

Nes­ta pri­mei­ra vi­si­ta a An­go­la, que ter­mi­nou on­tem, Luis Pa­trón, man­te­ve en­con­tros com vá­ri­os go­ver­nan­tes an­go­la­nos, com des­ta­que pa­ra os mi­nis­tros da Ho­te­la­ria e Tu­ris­mo, Paulino Bap­tis­ta, e da Cul­tu­ra, Ca­ro­li­na Cer­quei­ra, com quem abor­dou de­ta­lhes so­bre a re­a­li­za­ção em Lu­an­da, em fi­nais de Fe­ve­rei­ro ou prin­cí­pi­os de Mar­ço do pró­xi­mo ano, do fes­ti­val “Vis a Vis” e da di­vul­ga­ção da cul­tu­ra an­go­la­na em Es­pa­nha, por via da Ca­sa Áfri­ca.

Se­gun­do Luis Pa­trón, ao Jor­nal de An­go­la, pa­ra a oi­ta­va edi­ção do fes­ti­val a ser re­a­li­za­da em Lu­an­da, vi­san­do a in­ter­na­ci­o­na­li­za­ção dos ar­tis­tas na­ci­o­nais no ex­te­ri­or, prin­ci­pal­men­te em Es­pa­nha, em par­ti­cu­lar, e na Eu­ro­pa, em ge­ral, a Ca­sa Áfri­ca vai re­ce­ber a par­tir da pá­gi­na na in­ter­net, em da­ta a anun­ci­ar, cri­a­ções de gru­pos e ar­tis­tas in­di­vi­du­ais, em qual­quer for­ma­to, in­de­pen­den­te­men­te, da qua­li­da­de so­no­ra.

A or­ga­ni­za­ção do fes­ti­val vai se­lec­ci­o­nar as 12 mú­si­cas mais in­te­res­san­tes, em vá­ri­os es­ti­los, pa­ra o “Vis a Vis” em Lu­an­da, com a co­la­bo­ra­ção de di­rec­to­res de fes­ti­vais, pro­mo­to­res mu­si­cais e jor­na­lis­tas es­pa­nhóis que se vão des­lo­car à ca­pi­tal an­go­la­na a pro­pó­si­to.

“Com es­sas can­ções, va­mos mon­tar o fes­ti­val com três noi­tes con­se­cu­ti­vas (quin­ta, sex­ta e sá­ba­do) e, no úl­ti­mo dia, va­mos fa­zer uma ga­la final. A Ca­sa Áfri­ca vai as­si­nar um con­tra­to com os dois mú­si­cos mais in­te­res­san­tes, pa­ra par­ti­ci­pa­rem nos Fes­ti­vais de Ve­rão de Es­pa­nha, que con­gre­gam en­tre 30 a 40 mil es­pec­ta­do­res”, ga­ran­tiu o di­rec­tor-ge­ral da Ca­sa Áfri­ca.

Com uma ex­pe­ri­ên­cia com­pro­va­da, uma vez que em Es­pa­nha se re­a­li­zam mais de 200 ma­ni­fes­ta­ções cul­tu­rais por ano, Luis Pa­trón dis­se que a ideia do fes­ti­val não con­sis­te ape­nas em di­vul­gar os ar­tis­tas an­go­la­nos, mas tam­bém o tu­ris­mo cul­tu­ral, ra­zão pe­la qual vão apro­vei­tar a pre­sen­ça dos jor­na­lis­tas es­pa­nhóis, pa­ra pro­du­zi­rem re­por­ta­gens so­bre as áre­as tu­rís­ti­cas de Lu­an­da por for­ma a pro­mo­ver a ima­gem de An­go­la no ex­te­ri­or.

O fes­ti­val que ini­ci­ou em Da­kar, no Se­ne­gal, em 2010, pas­san­do pe­la Ci­da­de de Praia (Ca­bo Ver­de-2011), Adis Abe­ba (Etió­pia-2012), Jo­a­nes­bur­go (Áfri­ca do Sul-2013), Zan­zi­bar (Tan­zâ­nia 2014), Da­kar-2015 e Abid­jan (Cos­ta do Mar­fim-2016), em An­go­la, tem ga­ran­ti­do o apoio ins­ti­tu­ci­o­nal do Mi­nis­té­rio da Cul­tu­ra e do Go­ver­no de Lu­an­da.

A Ca­sa Áfri­ca or­ga­ni­za o “Vis a Vis” pa­ra pro­mo­ver tro­cas de ex­pe­ri­ên­ci­as en­tre os pro­mo­to­res de Es­pa­nha e mú­si­cos de Áfri­ca com o com­pro­mis­so de apoi­ar a pro­jec­ção de ta­len­tos da música afri­ca­na.

VIGAS DA PURIFICAÇÃO

Di­rec­tor-ge­ral da Ca­sa Áfri­ca ga­ran­te que a ini­ci­a­ti­va aju­da a di­vul­gar mais a música afri­ca­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.