Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral de­ter­mi­na lo­cais pa­ra vo­ta­ção

Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio for­ne­ce ho­je re­la­tó­rio do pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to

Jornal de Angola - - PARTADA - RO­DRI­GUES CAMBALA | e CASIMIRO JO­SÉ | Sum­be

O presidente da Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral (CNE), An­dré da Sil­va Ne­to, in­for­mou on­tem que es­tão em cur­so tra­ba­lhos de pré-ma­pe­a­men­to que vão de­ter­mi­nar a ins­ta­la­ção das me­sas de vo­to nas elei­ções pre­vis­tas pa­ra o pró­xi­mo ano. Em de­cla­ra­ções aos ór­gãos de in­for­ma­ção, no fi­nal da vi­si­ta re­a­li­za­da à Im­pren­sa Na­ci­o­nal, Sil­va Ne­to afir­mou que, além de ser um tra­ba­lho com­ple­xo, o ma­pe­a­men­to exi­ge a con­tra­ta­ção de uma em­pre­sa es­pe­ci­a­li­za­da em Ge­o­gra­fia, pa­ra, em fun­ção das dis­tân­ci­as, efec­tu­ar a de­vi­da dis­tri­bui­ção das me­sas de vo­to por lo­ca­li­da­de. Sil­va Ne­to as­se­gu­rou que a CNE tem ga­ran­ti­as de fi­nan­ci­a­men­to pa­ra a re­a­li­za­ção de to­das as ac­ti­vi­da­des li­ga­das ao pro­ces­so elei­to­ral. A Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral reú­ne-se ho­je na sua quar­ta ses­são ex­tra­or­di­ná­ria pa­ra re­ce­ber do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio o re­la­tó­rio do pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to elei­to­ral re­fe­ren­te ao pas­sa­do mês de Se­tem­bro.

O presidente da Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral (CNE), An­dré da Sil­va Ne­to, in­for­mou on­tem, em Lu­an­da, que es­tão em cur­so tra­ba­lhos de pré-ma­pe­a­men­to que vão de­ter­mi­nar a ins­ta­la­ção das me­sas de vo­to nas elei­ções pre­vis­tas pa­ra o pró­xi­mo ano.

Em de­cla­ra­ções à im­pren­sa, no fi­nal da vi­si­ta re­a­li­za­da à Im­pren­sa Na­ci­o­nal, Sil­va Ne­to afir­mou que, além de ser um tra­ba­lho com­ple­xo, o ma­pe­a­men­to exi­ge a con­tra­ta­ção de uma em­pre­sa es­pe­ci­a­li­za­da em Ge­o­gra­fia, pa­ra, em fun­ção da dis­tân­cia, efec­tu­ar a de­vi­da dis­tri­bui­ção das lo­ca­li­da­des.

Não obs­tan­te a cri­se que o país vi­ve, Sil­va Ne­to as­se­gu­rou que a CNE tem ga­ran­ti­as de fi­nan­ci­a­men­to pa­ra a re­a­li­za­ção de to­das as ac­ti­vi­da­des li­ga­das ao pro­ces­so elei­to­ral. Com efei­to, a Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral reú­ne-se ho­je na sua quar­ta ses­são ex­tra­or­di­ná­ria pa­ra re­ce­ber do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio (MAT) o re­la­tó­rio do pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção do re­gis­to elei­to­ral re­fe­ren­te ao mês de Se­tem­bro.

Em re­la­ção à vi­si­ta à Im­pren­sa Na­ci­o­nal, o presidente da CNE con­si­de­rou que a mes­ma foi po­si­ti­va. An­dré da Sil­va Ne­to dis­se ter ob­ser­va­do no lo­cal uma tec­no­lo­gia mui­to avan­ça­da.

Sil­va Ne­to jus­ti­fi­cou a vi­si­ta com a ne­ces­si­da­de de co­nhe­cer de per­to o fun­ci­o­na­men­to da Im­pren­sa Na­ci­o­nal, ten­do ma­ni­fes­ta­do a pos­si­bi­li­da­de de se es­ta­be­le­cer par­ce­ria no do­mí­nio da aqui­si­ção de ma­te­ri­ais de con­su­mo cor­ren­te. “Fi­ca­mos sur­pre­en­di­dos e or­gu­lho­sos”, ex­pli­cou, pa­ra acres­cen­tar que co­nhe­cia à dis­tân­cia a evo­lu­ção da Im­pren­sa Na­ci­o­nal.

Per­gun­ta­do so­bre se a Im­pren­sa Na­ci­o­nal es­tá pre­pa­ra­da pa­ra pro­du­zir ca­der­nos elei­to­rais, Sil­va Ne­to es­cla­re­ceu que o pro­ces­so de­pen­de de um con­cur­so in­ter­na­ci­o­nal e pú­bli­co, pois a em­pre­sa que ofe­re­cer me­lho­res ga­ran­ti­as no bi­nó­mio qua­li­da­de e pre­ço ga­nha a em­prei­ta­da.

Se a Im­pren­sa Na­ci­o­nal con­cor­rer e apre­sen­tar tra­ba­lho de qua­li­da­de e um bom pre­ço, po­de ser um po­ten­ci­al can­di­da­to a ofe­re­cer ma­te­ri­al de con­su­mo cor­ren­te e es­pe­cí­fi­co das elei­ções do pró­xi­mo ano, dis­se o presidente da CNE.

O con­cur­so pú­bli­co pa­ra a pro­du­ção de ma­te­ri­ais elei­to­rais vai ser anun­ci­a­do nos pró­xi­mos me­ses. Nas elei­ções de 2012, a Im­pren­sa Na­ci­o­nal ha­via for­ne­ci­do mais de cem mil exem­pla­res do pa­co­te le­gis­la­ti­vo elei­to­ral.

O presidente do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da Im­pren­sa Na­ci­o­nal, Da­vid Bar­ros, afir­mou que a em­pre­sa pú­bli­ca tem-se pre­pa­ra­do de al­gum tem­po a es­ta par­te pa­ra pro­du­zir ma­te­ri­ais pa­ra as pró­xi­mas elei­ções. “Se acon­te­cer, vai ser a pri­mei­ra vez que va­mos par­ti­ci­par no pro­ces­so”, ex­pli­cou, pa­ra in­for­mar que a em­pre­sa pos­sui a área de exe­cu­ção do "Diário da Re­pú­bli­ca" e a grá­fi­ca de se­gu­ran­ça que pro­duz ma­te­ri­ais com ele­men­tos de se­gu­ran­ça, que di­fi­cul­tam a fal­si­fi­ca­ção.

Co­mis­sá­ri­os no Cu­an­za Sul

Os co­mis­sá­ri­os pro­vin­ci­ais e os pre­si­den­tes das co­mis­sões mu­ni­ci­pais elei­to­rais e fun­ci­o­ná­ri­os da Co­mis­são Pro­vin­ci­al Elei­to­ral do Cu­an­za Sul par­ti­ci­pa­ram se­gun­da­fei­ra num se­mi­ná­rio so­bre Le­gis­la­ção Elei­to­ral. A for­ma­ção, com 60 par­ti­ci­pan­tes, te­ve co­mo pre­lec­to­res os co­mis­sá­ri­os pro­vin­ci­ais Ma­teus Mi­guel, Jo­sé dos San­tos e Cor­reia Bon­gue. No se­mi­ná­rio fo­ram abor­da­dos te­mas co­mo a Lei n.º8/15, so­bre o Re­gis­to Elei­to­ral Ofi­ci­o­so, o De­cre­to n.º1/2016, so­bre a Su­per­vi­são do Re­gis­to Elei­to­ral Pre­sen­ci­al, e o Re­gi­me Dis­ci­pli­nar dos mem­bros da Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral (CNE) e dos seus ór­gãos lo­cais.

Na aber­tu­ra, a presidente da Co­mis­são Pro­vin­ci­al Elei­to­ral do Cu­an­za Sul, Ma­ria Cris­ti­na Ndem­bi, dis­se que a for­ma­ção se en­qua­drou na pros­se­cu­ção das ta­re­fas ine­ren­tes à su­per­vi­são do re­gis­to elei­to­ral em cur­so no país. “As Leis que re­gem o pro­ces­so de re­gis­to elei­to­ral são co­nhe­ci­das, mas pre­ci­sa­mos do­mi­ná-las pa­ra não atro­pe­lar­mos as nor­mas”, de­fen­deu Ma­ria Ndem­bi, pa­ra qu­em a for­ma­ção vai per­mi­tir uma abor­da­gem mais cui­da­da pa­ra uma ac­tu­a­ção dos co­mis­sá­ri­os.

Por sua vez, o di­rec­tor pro­vin­ci­al dos Re­gis­tos, Ma­nu­el Jor­ge dos San­tos, fez uma ava­li­a­ção po­si­ti­va do pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção dos elei­to­res, ten­do anun­ci­a­do que, des­de seu iní­cio, a 25 de Agos­to, 130 mil ci­da­dãos já ac­tu­a­li­za­ram os seus da­dos a ní­vel do Cu­an­za Sul.

Ma­nu­el Jor­ge dos San­tos re­co­nhe­ceu o en­vol­vi­men­to das igre­jas, par­ti­dos po­lí­ti­cos, ONG e as au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais, pe­lo pa­pel que têm jo­ga­do pa­ra o al­can­ce das me­tas. In­for­mou que es­tá em cur­so a cri­a­ção de bri­ga­das nas cir­cuns­cri­ções co­mu­nais pa­ra ace­le­rar o pro­ces­so de ac­tu­a­li­za­ção de da­dos e do re­gis­to de no­vos elei­to­res.

JOÃO GO­MES

Presidente da CNE An­dré da Sil­va Ne­to as­se­gu­rou que es­tão cri­a­das as con­di­ções ma­te­ri­ais e hu­ma­nas pa­ra as elei­ções

JOÃO GO­MES

Presidente da CNE (ao cen­tro) dis­se ter ob­ser­va­do uma tec­no­lo­gia mui­to avan­ça­da na Im­pren­sa Na­ci­o­nal da qual es­pe­ra uma par­ce­ria

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.