So­pa de Le­tras

Jornal de Angola - - LAZER -

Um ho­mem en­tra nu­ma lan­cho­ne­te e pe­de ao em­pre­ga­do três ca­fés.

- Três ca­fés não é? - per­gun­ta o em­pre­ga­do. O cli­en­te res­pon­de: - Sim… Um pa­ra mim, ou­tro pa­ra ti e ou­tro pa­ra o teu avô!

No dia se­guin­te, o mes­mo ho­mem re­pe­te o pe­di­do ao em­pre­ga­do: - Três ca­fés… - Três? - Sim... três! Um pa­ra mim, ou­tro pa­ra ti e ou­tro pa­ra o teu avô.

Des­ta vez o em­pre­ga­do pas­sou­se, saiu do bal­cão, agar­rou o ho­mem e deu-lhe uma sur­ra. No dia se­guin­te, o cli­en­te vai à lan­cho­ne­te e di­ri­ge-se ao bal­cão. O em­pre­ga­do, com um sor­ri­so cí­ni­co, per­gun­ta-lhe: - En­tão, três ca­fés, não é ver­da­de? O cli­en­te res­pon­de: - Não! Só dois: um pa­ra mim e ou­tro pa­ra o teu avô! Pa­ra ti não, por­que o ca­fé al­te­ra-te o sis­te­ma ner­vo­so. En­con­tre as se­guin­tes pa­la­vras:

fo­lha, ze­bra e ma­ri­po­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.