Lewis Ha­mil­ton ig­no­ra im­pren­sa

Jornal de Angola - - DESPORTO -

Lewis Ha­mil­ton vol­tou a fa­zer das su­as, ago­ra na con­fe­rên­cia de im­pren­sa de an­te­vi­são do Gran­de Pré­mio do Ja­pão de do­min­go, on­de o pi­lo­to in­glês fez ques­tão de mos­trar to­do o seu té­dio.

Co­mo? Pas­sou a mai­or parte do tem­po a me­xer no te­le­mó­vel, mas pre­ci­sa­men­te no “snap­chat”, ig­no­ran­do to­dos os que se en­con­tra­vam na con­fe­rên­cia, no­me­a­da­men­te os jor­na­lis­tas.

Ha­mil­ton ocu­pou o tem­po a fa­zer pe­que­nos ví­de­os e a brin­car com os fil­tros da apli­ca­ção. “Is­so me es­tá a ma­tar”, es­cre­veu Ha­mil­ton, uti­li­zan­do um fil­tro com ore­lhas de co­e­lho. Car­los Sainz, da To­ro Ros­so, te­ve di­rei­to a um fil­tro com fei­ções de cer­vo.

Ou­tro que foi al­vo das brin­ca­dei­ras do in­glês foi o as­ses­sor de im­pren­sa da Mer­ce­des, Bra­dley Lord. O pi­lo­to fez uma mon­ta­gem on­de diz a se­guin­te fra­se: “Esta en­tre­vis­ta não po­dia ser mais cha­ta”.

Qu­an­do se aper­ce­be­ram de co­mo Ha­mil­ton ocu­pou o tem­po, os jor­na­lis­tas pre­sen­tes na con­fe­rên­cia de im­pren­sa acu­sa­ram-no de ter fal­ta­do ao res­pei­to com to­dos os en­vol­vi­dos. “Ho­je era pa­ra ser di­ver­ti­do, não des­res­pei­to­so. Al­gu­mas pes­so­as le­vam mui­to a sé­rio. Di­ver­ti-me mui­to”, dis­se Ha­mil­ton.

Ana Nó­bre­ga, Pe­dro Pi­no­tes, Ra­quel Tre­mo­ço, Már­cio Fer­nan­des, Da­ni­el Fran­cis­co e Ma­ria Chip­chips são os atle­tas que in­te­gram a Se­lec­ção Na­ci­o­nal de na­ta­ção, vi­san­do a dis­pu­ta do Cam­pe­o­na­to Afri­ca­no, a de­cor­rer de 16 a 23 do mês cor­ren­te na Áfri­ca do Sul.

Com ex­cep­ção de Ana Nó­bre­ga, Pe­dro Pi­no­tes e Ra­quel Tre­mo­ço, a re­si­di­rem em Por­tu­gal, os de­mais in­te­gran­tes do gru­po tra­ba­lham na pis­ci­na do Al­va­la­de. A viagem pa­ra o pal­co da com­pe­ti­ção es­tá mar­ca­da pa­ra o dia 14. A se­lec­ção am­bi­ci­o­na a me­lho­ra­ria da pres­ta­ção pas­sa­da.

O cam­pe­o­na­to é dis­pu­ta­do em pro­vas de pis­ci­na e mar. Jo­a­quim Pes­ta­na, se­cre­tá­rio-geral da Fe­de­ra­ção, em de­cla­ra­ções ao Jornal de An­go­la, ga­ran­tiu que a pre­pa­ra­ção de­cor­re con­for­me pro­gra­ma­do, mas ainda há as­pec­tos por re­sol­ver.

“Pe­dro Pi­no­tes e Ana Nó­bre­ga po­dem fa­lhar a par­ti­ci­pa­ção. Te­mos pro­ble­mas por cau­sa das di­vi­sas. As com­pa­nhi­as áre­as exi­gem com­pra do bilhete em dó­la­res. Com a Ra­quel Tre­mo­ço não há pre­o­cu­pa­ções, por­que o pai é en­ge­nhei­ro ae­ro­náu­ti­co”, dis­se.

Ape­sar des­ta con­tra­ri­e­da­de, os atle­tas es­tão ins­cri­tos pa­ra a pro­va. Pa­ra re­sol­ver o pro­ble­ma, a Fe­de­ra­ção di­ri­giu uma car­ta ao pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da TA­AG, no sen­ti­do de fa­ci­li­tar a aqui­si­ção dos bilhetes em mo­e­da na­ci­o­nal.

“Com a Ana Nó­bre­ga e o Pe­dro Pi­no­tes as me­tas são ou­tras. Po­de­mos pen­sar na pos­si­bi­li­da­de de al­can­çar me­da­lhas. Se não for pos­sí­vel re­sol­ver a ques­tão dos bilhetes, es­pe­ro que os ou­tros atle­tas pos­sam re­pre­sen­tar con­dig­na­men­te o país”, des­ta­cou Jo­a­quim Pes­ta­na.

O Cam­pe­o­na­to Afri­ca­no tam­bém es­tá in­se­ri­do na pre­pa­ra­ção dos na­da­do­res an­go­la­nos pa­ra os sé­ti­mos Jo­gos da SADC, em De­zem­bro. À mar­gem da com­pe­ti­ção con­ti­nen­tal, no dia 19 acon­te­ce o congresso da Con­fe­de­ra­ção Afri­ca­na (CANA), on­de se­rão elei­tos os no­vos di­ri­gen­tes da ins­ti­tui­ção.

Ques­ti­o­na­do so­bre as pro­pos­tas a se­rem apre­sen­ta­das no en­con­tro, Jo­a­quim Pes­ta­na des­ta­cou a ma­nu­ten­ção dos lu­ga­res con­quis­ta­dos. “Se for pos­sí­vel ins­cre­ver mais um juiz e par­ti­ci­par nas li­nhas mes­tras que vi­sam o de­sen­vol­vi­men­to da na­ta­ção na re­gião aus­tral”.

Em 2012 no Qué­nia, An­go­la al­can­çou três me­da­lhas de bron­ze. Por cau­sa da epi­de­mia do Ébo­la, em 2014, a CANA anu­lou a re­a­li­za­ção da pro­va.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.