Me­ses de tra­gé­di­as nas es­tra­das do país

Aci­den­tes de vi­a­ção pro­vo­ca­ram cen­te­nas de mor­tes no úl­ti­mo tri­mes­tre

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - AN­DRÉ DA COS­TA |

O país re­gis­tou nos úl­ti­mos três me­ses 2.500 aci­den­tes de vi­a­ção que re­sul­ta­ram em mais de 750 mor­tos e cer­ca de 2.800 fe­ri­dos.

De acor­do com o director na­ci­o­nal ad­jun­to de Vi­a­ção e Trân­si­to, sub-co­mis­sá­rio Con­cei­ção Go­mes, os aci­den­tes cau­sa­ram da­nos ma­te­ri­ais avul­ta­dos. Con­cei­ção Go­mes fa­la­va no lan­ça­men­to de uma cam­pa­nha de pre­ven­ção rodoviária na Ilha de Lu­an­da, re­a­li­za­da em par­ce­ria com a Pu­man­gol.

A inob­ser­vân­cia das re­gras de trân­si­to, ne­gli­gên­cia, uso de te­le­mó­veis, dis­trac­ção e a fa­di­ga são apon­ta­das co­mo prin­ci­pais cau­sas.

A fal­ta de pre­cau­ção por par­te dos peões, quan­do atra­ves­sam as vi­as, e a ven­da am­bu­lan­te con­tri­bu­em pa­ra a ocor­rên­cia de atro­pe­la­men­tos.

“Os ín­di­ces de sinistralidade rodoviária são mui­to ele­va­dos, mor­re mui­ta gen­te nas es­tra­das e vá­ri­os ci­da­dãos fi­cam pa­ra­lí­ti­cos pa­ra to­da a vi­da, cri­an­do lu­to em mui­tas fa­mí­li­as e pre­ju­di­can­do a for­ça ac­ti­va do país”, dis­se.

O sub­co­mis­sá­rio Con­cei­ção Go­mes con­si­de­rou “lou­vá­vel e gra­ti­fi­can­te” a ini­ci­a­ti­va da Pu­man­gol e ape­lou aos au­to­mo­bi­lis­tas pa­ra pri­ma­rem por uma con­du­ção de­fen­si­va e res­pon­sá­vel, res­pei­tan­do os li­mi­tes de ve­lo­ci­da­de.Tam­bém acon­se­lhou pru­dên­cia na con­du­ção nas vi­as em mau es­ta­do de con­ser­va­ção e re­co­men­dou pe­río­dos de re­pou­so aos mo­to­ris­tas que efec­tu­am vi­a­gens de lon­go cur­so.

Lem­brou que os aci­den­tes de vi­a­ção cons­ti­tu­em a se­gun­da cau­sa de mor­te no país de­pois da ma­lá­ria. O director da Pu­man­gol, Iva­nil­som Ma­cha­do, dis­se que a cam­pa­nha de pre­ven­ção rodoviária cons­ti­tui um pas­so im­por­tan­te na re­e­du­ca­ção e sen­si­bi­li­za­ção dos uten­tes das es­tra­das, vi­san­do con­tri­buir pa­ra bai­xar o nú­me­ro de aci­den­tes de vi­a­ção. A cam­pa­nha ini­ci­a­da na sex­ta-fei­ra vai ser ex­ten­si­va a ou­tras pro­vín­ci­as on­de exis­tem bom­bas de abas­te­ci­men­to da Pu­man­gol. Iva­nil­som Ma­cha­do re­ve­lou que di­a­ri­a­men­te mais de cem mil au­to­mo­bi­lis­tas abas­te­cem as su­as vi­a­tu­ras nos pos­tos da Pu­man­gol e os fun­ci­o­ná­ri­os da em­pre­sa apro­vei­tam a oca­sião pa­ra di­vul­gar a cam­pa­nha.

CONTREIRAS PIPA

Cam­pa­nha de pre­ven­ção con­tri­bui pa­ra a re­du­ção da sinistralidade rodoviária que é uma das prin­ci­pais cau­sas de mor­ta­li­da­de em An­go­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.