Sopa de Le­tras

Jornal de Angola - - LAZER -

Dois amigos es­ta­vam a an­dar de car­ro e di­ri­gi­am-se a um res­tau­ran­te quan­do pas­sam por um aci­den­te na es­tra­da. Quan­do is­so acon­te­ce um de­les põe-se a re­zar e diz ao ou­tro:

- António de­via re­zar pe­los au­to­mo­bi­lis­tas.

- O António em voz al­ta co­me­ça a re­zar:

- Que­ri­do Deus, por fa­vor não dei­xes que es­tes car­ros e es­ta gen­te blo­quei­em a es­tra­da pa­ra o res­tau­ran­te, que eu es­tou cheio de se­de e pre­ci­so me des­li­gar ho­je! **********

As­sim que co­me­çou o ser­mão a ener­gia na igre­ja foi. O pa­dre e os acó­li­tos pro­cu­ram al­gu­mas ve­las e co­lo­cam ao al­tar. De­pois de al­gum tem­po o pa­dre fo­lheia as ano­ta­ções e diz: - Ora bem, on­de é que eu ia? Na es­cu­ri­dão do fun­do da igre­ja uma voz gri­ta:

- Não ias a la­do ne­nhum, pa­dre. Es­tás sem­pre aqui! En­con­tre as se­guin­tes pa­la­vras:

co­me­tas, pla­ne­tas e Sol.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.