No­vos ser­vi­ços so­ci­o­e­co­nó­mi­cos ins­ta­la­dos em bre­ve

Jornal de Angola - - NECROLOGIA - CA­SI­MI­RO JO­SÉ |

O mu­ni­cí­pio de Por­to Amboim, no Cu­an­za Sul, vai be­ne­fi­ci­ar bre­ve­men­te de uma no­va con­du­ta de água e de re­po­si­ção da ilu­mi­na­ção pú­bli­ca, anun­ci­ou no sá­ba­do o ad­mi­nis­tra­dor mu­ni­ci­pal.

Jo­a­quim de Al­mei­da Jú­ni­or re­ve­lou que a ad­mi­nis­tra­ção pre­ten­de igual­men­te de­sen­vol­ver re­pa­ra­ções nas prin­ci­pais ru­as da ci­da­de, con­cluir a lim­pe­za da va­la de dre­na­gem e me­lho­rar o sa­ne­a­men­to bá­si­co.

O ad­mi­nis­tra­dor mu­ni­ci­pal anun­ci­ou o iní­cio pa­ra bre­ve do pro­gra­ma de apoio às mu­lhe­res des­fa­vo­re­ci­das, que vai be­ne­fi­ci­ar prin­ci­pal­men­te as che­fes de fa­mí­lia.

A ad­mi­nis­tra­ção mu­ni­ci­pal pre­ten­de apoi­ar tam­bém a for­ma­ção pro­fis­si­o­nal de jo­vens, no sen­ti­do de se­rem su­pri­das as ne­ces­si­da­des de em­pre­go.

Jo­a­quim de Al­mei­da, que to­mou pos­se há se­te me­ses, re­fe­riu que as au­to­ri­da­des es­tão a en­vi­dar es­for­ços pa­ra di­mi­nuir os al­tos ní­veis de de­sem­pre­go en­tre a ju­ven­tu­de, uma das con­sequên­ci­as da cri­se fi­nan­cei­ra.

O ad­mi­nis­tra­dor, que fa­la­va ao Jor­nal de An­go­la no qua­dro das co­me­mo­ra­ções dos 429 anos da ci­da­de de Por­to Amboim, ex-Benguela Ve­lha, as­si­na­la­do no sá­ba­do, as­se­gu­rou que exis­tem vá­ri­os pro­gra­mas pa­ra su­pri­mir as gran­des di­fi­cul­da­des que a po­pu­la­ção en­fren­ta.

A ad­mi­nis­tra­ção de Por­to Amboim, uma ci­da­de fun­da­da pe­lo por­tu­guês Pau­lo Di­as de No­vais, atra­vés do seu so­bri­nho An­tó­nio Lo­pes Pei­xo­to, em 1587, es­tá a re­do­brar es­for­ços pa­ra ex­pan­dir os ser­vi­ços sa­ni­tá­ri­os, com aten­ção es­pe­ci­al pa­ra as zo­nas pe­ri­fé­ri­cas.

Nes­te mo­men­to, a re­de sa­ni­tá­ria en­glo­ba um hos­pi­tal mu­ni­ci­pal, com 95 ca­mas, três cen­tros mé­di­cos e 15 pos­tos de saú­de. Es­tas uni­da­des fun­ci­o­nam com 15 mé­di­cos, dos quais ape­nas três são an­go­la­nos, 43 en­fer­mei­ros, sen­do cin­co li­cen­ci­a­dos, qua­tro téc­ni­cos de di­ag­nós­ti­co e te­ra­pêu­ti­ca, além de ca­ta­lo­ga­do­res e vi­gi­lan­tes.

Sec­tor da Educação

A ní­vel do sec­tor da Educação, o mu­ni­cí­pio pos­sui 65 es­co­las, sen­do uma do I ci­clo e três do II ci­clo do en­si­no se­cun­dá­rio, as­se­gu­ra­das por 906 pro­fes­so­res. Ape­sar dos in­di­ca­do­res de de­sen­vol­vi­men­to so­ci­al, o mu­ni­cí­pio de Por­to Amboim apre­sen­ta ain­da ca­rên­ci­as de in­fra-es­tru­tu­ras es­co­la­res e de pro­fes­so­res.

Por cau­sa dis­so, es­tão fo­ra do sis­te­ma de en­si­no 233 cri­an­ças. O sis­te­ma de al­fa­be­ti­za­ção ab­sor­ve 414 al­fa­be­ti­zan­dos, que apren­dem a ler e a es­cre­ver com um gru­po de 15 pro­fes­so­res. Jo­a­quim de Al­mei­da con­si­de­rou o sec­tor agro-pe­cuá­rio co­mo o que mais pre­o­cu­pa as au­to­ri­da­des do mu­ni­cí­pio de Por­to Amboim e da pro­vín­cia do Cu­an­za Sul, por cau­sa da ir­re­gu­la­ri­da­de das chu­vas, o que afec­ta ne­ga­ti­va­men­te as plan­ta­ções e o pas­to.

De­vi­do a es­ta si­tu­a­ção, os cri­a­do­res es­tão a trans­fe­rir o ga­do pa­ra as mar­gens dos ri­os Lon­ga e Ke­ve, cu­ja tran­su­mân­cia tem acar­re­ta­do inú­me­ros en­car­gos. Ac­tu­al­men­te, exis­tem 32 mil ca­be­ças de ga­do bo­vi­no, 22 mil de ca­pri­no e três mil de ovi­nos.

Ar­ma­do­res e pes­ca­do­res

O sec­tor das Pes­cas cons­ti­tui uma das prin­ci­pais ocu­pa­ções dos ha­bi­tan­tes do mu­ni­cí­pio, pa­ra a ge­ra­ção de ren­di­men­tos, mas fal­tam apoi­os em equi­pa­men­tos, no sen­ti­do de fa­ci­li­tar a ac­ti­vi­da­de. A ine­xis­tên­cia de um es­ta­lei­ro na­val cau­sa pro­ble­mas aos ar­ma­do­res e pes­ca­do­res.

O ad­mi­nis­tra­dor de Por­to Amboim con­si­de­rou que a re­gião ne­ces­si­ta de mais in­ves­ti­men­tos pri­va­dos, as­se­gu­ran­do o apoio das au­to­ri­da­des aos ho­mens de ne­gó­ci­os.

En­tre os sec­to­res que tam­bém ne­ces­si­tam de investimento es­tão a ho­te­la­ria e o tu­ris­mo, prin­ci­pal­men­te nas áre­as da Bu­am­bua, Yaia, Cu­vo e Lon­ga. O mu­ni­cí­pio de Por­to Amboim tem uma su­per­fí­cie de 3.311 qui­ló­me­tros qua­dra­dos e 118.564 ha­bi­tan­tes, que se de­di­ca mai­o­ri­ta­ri­a­men­te à pes­ca, agri­cul­tu­ra e pe­cuá­ria. En­glo­ba as co­mu­nas de Ca­po­lo e se­de.

DOMBELE BER­NAR­DO

A água po­tá­vel vai dei­xar de ser um pro­ble­ma em bre­ve pa­ra a po­pu­la­ção do mu­ni­cí­pio de Por­to Amboim com a cons­tru­ção de uma no­va con­du­ta

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.