Ary cau­sa “cho­ro” no Lu­ban­go

Jornal de Angola - - GENTE -

Emoção, cho­ro e mui­ta agi­ta­ção fo­ram al­guns dos ele­men­tos que ca­rac­te­ri­za­ram a sessão de autógrafos da ven­ce­do­ra do Top dos Mais Qu­e­ri­dos, no seu re­gres­so às su­as ori­gens. Ary pre­ci­sou ape­nas de qua­tro ho­ras pa­ra ver es­go­ta­do, no sá­ba­do, o nú­me­ro de dis­cos da no­va obra dis­co­grá­fi­ca com o tí­tu­lo “Ary 10”. A sessão de ven­da e autógrafos que ini­ci­ou às 10h00 trans­for­mou-se em fes­ta. Pes­so­as de vá­ri­as idades en­che­ram por com­ple­to o lar­go do Su­per­mer­ca­do Ma­ri­vel, na ci­da­de do Lu­ban­go. Além dos bair­ros pe­ri­fé­ri­cos da ci­da­de do Lu­ban­go, há qu­em te­nha vin­do do mu­ni­cí­pio da Chi­bia, Ca­cu­la, Ca­lu­quem­be, Hum­pa­ta, Ca­con­da, Ma­ta­la, Jam­ba e até mes­mo do Chi­pin­do, lo­ca­li­da­de que dis­ta a 456 qui­ló­me­tros do Lu­ban­go. A fes­ta te­ve um du­plo sa­bor. Pri­mei­ro foi o fac­to de Ary ter si­do elei­ta re­cen­te­men­te “a mais que­ri­da da mú­si­ca an­go­la­na”, pe­lo pro­gra­ma Top dos Mais Qu­e­ri­dos, edi­ção 2016, na ci­da­de de Nda­la­tan­do, e se­gun­do, a sim­pa­tia que a po­pu­la­ção nu­tre por ela, co­mo fi­lha da ter­ra.

KINDALA MA­NU­EL

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.