Do­min­gos Fer­raz con­cor­re iso­la­do

Jornal de Angola - - CULTURA - EU­GÉ­NIO CAM­POS |

O pre­si­den­te ces­san­te da As­so­ci­a­ção Pro­vin­ci­al de Xa­drez de Luanda (APXL), Do­min­gos Luís Fer­raz “Kin­guan­gua”, con­cor­re pa­ra mais um man­da­to, em lis­ta úni­ca, vi­san­do o qua­drié­nio 2016/2020.

De acor­do com o co­mu­ni­ca­do da Co­mis­são Elei­to­ral, a que o Jor­nal de An­go­la te­ve aces­so, ape­nas a lis­ta A en­ca­be­ça­da por Do­min­gos Fer­raz foi acei­te, ao pas­so que a B, li­de­ra­da por Da­ni­el Ca­pin­dis­sa, viu go­ra­das as ex­pec­ta­ti­vas de con­cor­rer, por­que o mes­mo não in­ter­rom­peu a vin­cu­la­ção à Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Xa­drez (FAX), na qual ocu­pa o car­go de vo­gal de Di­rec­ção, ge­ran­do in­com­pa­ti­bi­li­da­de, não pre­en­chen­do os re­qui­si­tos exi­gi­dos por lei pa­ra se tor­nar can­di­da­to.

Do­min­gos Fer­raz di­ri­giu a APXL de 2012 a 2016, re­sis­tin­do à de­mis­são em mas­sa dos seus mem­bros de Di­rec­ção, des­de o vi­ce-pre­si­den­te ao se­cre­tá­rio-ge­ral e ou­tros in­te­gran­tes.Por seu tur­no, em con­ver­sa te­le­fó­ni­ca on­tem a meio da ma­nhã, Da­ni­el Ca­pin­dis­sa afir­mou que a Co­mis­são Elei­to­ral co­me­teu um er­ro de in­ter­pre­ta­ção da lei, na me­di­da em que se for elei­to te­rá 30 di­as pa­ra es­co­lher on­de fi­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.