Es­ta­do Is­lâ­mi­co op­ta pe­lo re­cuo em Mos­sul

Jornal de Angola - - MUNDO -

A ba­ta­lha pa­ra a re­con­quis­ta da ci­da­de de Mos­sul, con­si­de­ra­da cru­ci­al con­tra os re­bel­des do Es­ta­do Is­lâ­mi­co no Ira­que, con­ti­nua a de­cor­rer me­lhor do que o es­pe­ra­do, com os re­bel­des a aban­do­nar as su­as po­si­ções sem gran­de re­sis­tên­cia.

Os com­ba­tes en­vol­vem mais de 30 mil ele­men­tos das for­ças de se­gu­ran­ça ira­qui­a­nos, com­ba­ten­tes pesh­mer­gas cur­dos, mi­lí­ci­as xi­i­tas e for­ças tri­bais su­ni­tas, além de um gran­de apoio da avi­a­ção nor­te­a­me­ri­ca­na. Ini­ci­a­da se­gun­da-fei­ra, a ofen­si­va mi­li­tar, há mui­to aguar­da­da, acon­te­ce mais de dois anos de­pois de o gru­po ter­ro­ris­ta Es­ta­do Is­lâ­mi­co ter to­ma­do a se­gun­da mais im­por­tan­te ci­da­de do Ira­que, on­de es­ta­be­le­ce­ram a ba­se pa­ra to­mar con­tro­lo de gran­des ter­ri­tó­ri­os do Nor­te e do Oes­te do Ira­que.

Es­ti­ma-se que a ope­ra­ção de­mo­re se­ma­nas, ou me­ses, de­pen­den­do em gran­de me­di­da da re­sis­tên­cia mon­ta­da pe­los vá­ri­os mi­lha­res de ele­men­tos do Es­ta­do Is­lâ­mi­co en­trin­chei­ra­dos em Mos­sul (en­tre três mil e cin­co mil, de acor­do com fon­tes mi­li­ta­res).

Já de­pois de a ofen­si­va es­tar em mar­cha, o pri­mei­ro-mi­nis­tro ira­qui­a­no, Hai­der al-Aba­di, de­cla­rou que as ope­ra­ções es­ta­vam a cor­rer me­lhor do que o es­pe­ra­do.

Na ver­ten­te hu­ma­ni­tá­ria, es­ti­ma­se que re­si­dam em Mos­sul cer­ca de 1,5 mi­lhões de ci­vis. As Na­ções Uni­das afir­mam que o Es­ta­do Is­lâ­mi­co es­tá a re­co­lher pes­so­as, à for­ça, nas lo­ca­li­da­des per­to de Mos­sul pa­ra as obri­gar a ser­vir de es­cu­dos hu­ma­nos na ci­da­de qua­se cer­ca­da. Além dis­so, os re­si­den­tes não es­tão a ser au­to­ri­za­dos a sair, pre­su­mi­vel­men­te pe­lo mes­mo mo­ti­vo. A ONU tem pre­pa­ra­dos três acam­pa­men­tos de des­lo­ca­dos per­to de Mos­sul, com ca­pa­ci­da­de pa­ra 45 mil pes­so­as. Pla­neia ain­da er­guer mais 11 cam­pos, pa­ra um to­tal de 120 mil pes­so­as.

A co­li­ga­ção de for­ças ira­qui­a­nas e cur­das ini­ci­a­ram o ata­que con­tra Mos­sul em vá­ri­as fren­tes.

De 17 a 19 de Ou­tu­bro uni­da­des do exér­ci­to ira­qui­a­no ata­ca­ram a re­be­lião do EI a par­tir do sul, da ba­se aé­rea de Qayya­rah. Tam­bém ata­ca­ram Kuwayr, a su­des­te, to­man­do vá­ri­as al­dei­as.

Os pesh­mer­ga tam­bém cap­tu­ra­ram vá­ri­as al­dei­as per­to de Kha­zer, a Les­te de Mos­sul.

Na quin­ta-fei­ra, os com­ba­ten­tes cur­dos lan­ça­ram uma ope­ra­ção de gran­de en­ver­ga­du­ra a Les­te e a Nor­te da ci­da­de, en­quan­to as for­ças re­gu­la­res ira­qui­a­nas re­con­quis­ta­ram a ci­da­de de Bar­ti­la, a me­nos de 15 qui­ló­me­tros de Mos­sul. Na sex­ta-fei­ra, as for­ças go­ver­na­men­tais anun­ci­a­ram ter re­to­ma­do o con­tro­lo de mais du­as al­dei­as, alAwai­zat e Na­naha, a sul de Mos­sul. O Es­ta­do Is­lâ­mi­co mon­tou um con­tra-ata­que per­to da ci­da­de de Kir­kuk (160 qui­ló­me­tros a su­des­te de Mos­sul), on­de ma­tou pe­lo me­nos 19 pes­so­as.

De acor­do com a re­de bri­tâ­ni­ca IHS Con­flict Mo­ni­tor, o Es­ta­do is­lâ­mi­co tem vin­do a per­der ter­re­no des­de que co­me­çou a ofen­si­va.

Já os es­pe­ci­a­lis­tas em ge­o­po­lí­ti­ca e in­for­ma­ções nor­te-ame­ri­ca­nos da Strat­for in­di­cam que as tro­pas ira­qui­a­nas e cur­das têm vin­do a avan­çar sem mui­tas res­tri­ções ao lon­go de uma au­to-es­tra­da (Au­to­es­tra­da 2) que en­tra em Mos­sul pe­lo Les­te, li­gan­do a ci­da­de a Er­bil.

A em­pre­sa acres­cen­tou que os com­ba­ten­tes do EI le­van­ta­ram bar­rei­ras tem­po­rá­ri­as ao lon­go da Au­to-es­tra­da 2 (es­sen­ci­al­men­te bar­rei­ra de pneus, al­guns pos­tos a ar­der pa­ra re­du­zir a vi­si­bi­li­da­de e frus­trar ata­ques aé­re­os), pa­ra ten­tar im­pe­dir a pas­sa­gem de veí­cu­los.

AFP

Co­li­ga­ção de for­ças mi­li­ta­res tem for­te apoio da avi­a­ção nor­te-ame­ri­ca­na nos ata­ques

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.