Fi­li­pe Nzan­za quer efi­cá­cia na fi­na­li­za­ção

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O trei­na­dor ad­jun­to do 1º de Agos­to, Fi­li­pe Nzan­za, re­al­çou a ne­ces­si­da­de de a equi­pa fi­na­li­zar ho­je com êxi­to as opor­tu­ni­da­des e evi­tar er­ros de­fen­si­vos, di­an­te do In­ter­clu­be na 28.ª jor­na­da do Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal de fu­te­bol da pri­mei­ra di­vi­são, Girabola 2016, pa­ra ven­cer e con­ti­nu­ar fir­me na pros­se­cu­ção do tí­tu­lo.

Fe­li­pe Nzan­za fa­la­va à im­pren­sa após o úl­ti­mo trei­no da se­ma­na, no cam­po do ex-RI 20, mos­tran­do-se cren­te na con­quis­ta dos três pon­tos, a jul­gar pe­lo grau de pre­pa­ra­ção, so­bre­tu­do no que con­cer­ne à con­cre­ti­za­ção.

An­te­ven­do pro­ble­mas pe­lo fac­to de jo­gar fo­ra de ca­sa, o trei­na­dor con­si­de­rou o In­ter­clu­be um ad­ver­sá­rio que cria di­fi­cul­da­des aos “mi­li­ta­res”, lem­brou o em­pa­te ines­pe­ra­do (3-3) da pri­mei­ra vol­ta, mas sa­li­en­tou que o 1º de Agos­to des­ta vez tem a “li­ção es­tu­da­da” pa­ra evi­tar o de­sai­re.

Por ou­tro la­do, acres­cen­tou que os três jo­gos que res­tam pa­ra o fim do Girabola são ti­dos co­mo “fi­nais”. Por is­so, a equi­pa téc­ni­ca tem da­do aten­ção à pre­pa­ra­ção psi­co­ló­gi­ca dos jo­ga­do­res, no sen­ti­do de evi­tar an­si­e­da­de ou com­por­ta­men­tos em cam­po que pe­ri­guem a ob­ten­ção do tí­tu­lo. No der­ra­dei­ro trei­no, o gru­po tra­ba­lhou pas­ses, cru­za­men­tos e re­ma­tes à ba­li­za, nu­ma ses­são que du­rou cer­ca de uma ho­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.