Ex­tre­mis­tas uti­li­zam po­pu­la­ção co­mo pro­tec­ção con­tra ata­ques

Jornal de Angola - - PARTADA -

As Na­ções Uni­das acu­sa­ram on­tem o gru­po ex­tre­mis­ta Es­ta­do Is­lâ­mi­co no Ira­que de con­ti­nu­ar a usar ci­vis co­mo es­cu­dos hu­ma­nos, for­çan­do-os a per­ma­ne­cer nos lo­cais on­de es­tão os jiha­dis­tas e im­pe­din­do-os de fu­gir pa­ra ou­tras lo­ca­li­da­des.

“Vá­ri­as fon­tes de di­ver­sas ori­gens” de­nun­ci­a­ram que o Es­ta­do Is­lâ­mi­co “usa de for­ma de­li­be­ra­da ci­vis co­mo es­cu­dos hu­ma­nos”, “obri­gan­do-os a fi­car nos lo­cais on­de es­tão os com­ba­ten­tes ou evi­tan­do que vão pa­ra ou­tros lu­ga­res”, dis­se à im­pren­sa em Ge­ne­bra o por­ta-voz do Al­to Co­mis­sa­ri­a­do das Na­ções Uni­das pa­ra os Di­rei­tos Hu­ma­nos, Ru­pert Col­vil­le.

O por­ta-voz re­cu­sou iden­ti­fi­car as fon­tes por ne­ces­si­da­de de as pro­te­ger, uma vez que es­tão no Ira­que, mas as­se­gu­rou que man­tém com al­gu­mas de­las re­la­ções de con­fi­an­ça an­ti­gas. Col­vil­le fri­sou que “é mui­to di­fí­cil ve­ri­fi­car es­tas de­nún­ci­as”, pe­lo que “es­tes exem­plos de­vem ser tra­ta­dos co­mo in­for­ma­ções pre­li­mi­na­res e não de­fi­ni­ti­vas”.

En­tre­tan­to, nou­tra fren­te, a Tur­quia ad­mi­tiu lan­çar uma ope­ra­ção ter­res­tre no nor­te do Ira­que se hou­ver al­gu­ma ame­a­ça aos seus in­te­res­ses. A ad­ver­tên­cia foi fei­ta on­tem pe­lo mi­nis­tro dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros tur­co, Me­vlut Ca­vu­so­glu.

“Se hou­ver uma ame­a­ça à Tur­quia, uti­li­za­re­mos to­dos os mei­os, in­cluin­do uma ope­ra­ção ter­res­tre, pa­ra eli­mi­nar es­sa ame­a­ça”, dis­se o mi­nis­tro nu­ma en­tre­vis­ta à te­le­vi­são Ka­nal 24. “É o nos­so di­rei­to mais na­tu­ral”, acres­cen­tou.

A Tur­quia tem exi­gi­do ser as­so­ci­a­da à ofen­si­va em cur­so con­tra Mos­sul, bas­tião do gru­po ex­tre­mis­ta Es­ta­do Is­lâ­mi­co no nor­te do Ira­que, com o ar­gu­men­to de que a pre­sen­ça dos jiha­dis­tas do ou­tro la­do da sua fron­tei­ra re­pre­sen­ta uma ame­a­ça.

An­ca­ra afir­mou no pas­sa­do que a ar­ti­lha­ria tur­ca pre­sen­te na sua ba­se em Bashi­ga, no nor­te do Ira­que, bom­bar­de­ou al­vos dos jiha­dis­tas em apoio dos com­ba­ten­tes cur­dos pesh­mer­gas que par­ti­ci­pam na ope­ra­ção pa­ra re­cu­pe­rar Mos­sul, mas o Ira­que ne­ga que tal te­nha ocor­ri­do.

A Tur­quia qu­er con­tra­ri­ar uma con­so­li­da­ção de po­si­ções no nor­te do Ira­que, es­pe­ci­al­men­te na re­gião de Sin­jar, do Par­ti­do dos Tra­ba­lha­do­res do Cur­dis­tão (PKK), ten­do bom­bar­de­a­do vá­ri­as ve­zes po­si­ções des­te gru­po guer­ri­lhei­ro na­que­la re­gião.

AFP

Mu­lhe­res e crianças são ví­ti­mas na zo­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.