Tí­tu­lo con­ti­nen­tal pa­ra o 1º de Agos­to

DE­CI­SÃO DA PER­MA­NÊN­CIA NO GI­RA­BO­LA Trio de afli­tos pro­cu­ra evi­tar acom­pa­nhar 1º de Maio e Por­ce­la­na

Jornal de Angola - - PARTADA - AN­TÓ­NIO DE BRI­TO |

Com o 1º de Agos­to a pôr fim à dis­cus­são do tí­tu­lo do Gi­ra­bo­la Zap, ao ven­cer sá­ba­do o ASA, por 3-0, de­pois do em­pa­te sem go­los en­tre Ben­fi­ca de Lu­an­da e Pe­tro de Lu­an­da, as aten­ções dos adep­tos vi­ram-se pa­ra a equi­pa que vai acom­pa­nhar o Por­ce­la­na do Cu­an­za Nor­te e 1º de Maio de Ben­gue­la à II Di­vi­são.

Na fu­ga da des­pro­mo­ção, três for­ma­ções dis­pu­tam a con­ti­nui­da­de no con­ví­vio dos gran­des do fu­te­bol na­ci­o­nal, de­sig­na­da­men­te Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to, 4 de Abril do Cu­an­do Cu­ban­go e ASA. A 30ª e úl­ti­ma jor­na­da da pro­va, que se re­a­li­zar no pró­xi­mo fim-de-se­ma­na, vai dis­si­par as dú­vi­das re­la­ti­va­men­te à ter­cei­ra equi­pa a ser des­pro­mo­vi­da.

O ASA re­ce­be o 4 de Abril, no Es­tá­dio Mu­ni­ci­pal dos Co­quei­ros, en­quan­to o In­ter­clu­be de­fron­ta a Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to, no Es­tá­dio 22 de Ju­nho, no bair­ro Ro­cha Pin­to, tam­bém em Lu­an­da.

Com­pa­ra­ti­va­men­te à for­ma­ção de Me­non­gue, os avi­a­do­res es­tão nu­ma si­tu­a­ção di­fí­cil. Es­tão no 14º lu­gar com 30 pon­tos, sen­do que o ad­ver­sá­rio es­tá um posto aci­ma, com 31. AA­ca­dé­mi­ca do Lo­bi­to es­tá na 12ª po­si­ção, com 31 pon­tos.

Fren­te à for­ma­ção do Cu­an­do Cu­ban­go, os avi­a­do­res jo­gam uma car­ta­da de­ci­si­va. Se o ASA ven­cer e a Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to em­pa­tar na vi­si­ta ao In­ter­clu­be, a equi­pa de João Machado bai­xa de di­vi­são. Ca­so o 4 de Abril ven­ça na des­lo­ca­ção a Lu­an­da, o ASA fi­ca ar­re­da­do da com­pe­ti­ção. Já nu­ma si­tu­a­ção de igual­da­de o ASA des­ce­ria na mes­ma. O jo­go en­tre ASA e 4 de Abril pro­me­te ser in­ten­so e de re­sul­ta­do im­pre­vi­sí­vel. Com o ob­jec­ti­vo de mo­ti­var os jo­ga­do­res, a di­rec­ção pre­si­di­da por Eli­as Jo­sé vai con­ven­cer as em­pre­sas pa­tro­ci­na­do­ras dos avi­a­do­res a pa­gar os três sa­lá­ri­os em atra­so an­tes da par­ti­da, pa­ra que a equi­pa se man­te­nha na al­ta com­pe­ti­ção.

“Fa­re­mos de tu­do pa­ra li­qui­dar­mos os sa­lá­ri­os em atra­so. Es­te pro­ble­ma não é da res­pon­sa­bi­li­da­de da Di­rec­ção do ASA, mas sim dos pa­tro­ci­na­do­res. Te­nho fé que es­ta si­tu­a­ção se­rá re­sol­vi­da”, ga­ran­tiu o pre­si­den­te do clu­be do ae­ro­por­to ao Jor­nal de An­go­la. À se­me­lhan­ça do ASA, a equi­pa de João Machado vi­ve pro­ble­mas sa­la­ri­ais. Jo­ga­do­res e equi­pa téc­ni­ca não re­ce­bem os seus or­de­na­dos há qua­tro me­ses. Além dos sa­lá­ri­os, a Di­rec­ção do clu­be tem cin­co pré­mi­os de jo­gos por li­qui­dar.

Mas com ou sem di­nhei­ro, o 4 de Abril sem­pre vem a Lu­an­da de­fron­tar o ASA, co­mo ga­ran­tiu João Machado, ao nos­so jor­nal: “A fal­ta de com­pa­rên­cia di­ta a des­qua­li­fi­ca­ção da pro­va. Não va­mos dar es­te pra­zer aos di­ri­gen­tes do clu­be. Eles que­rem que o clu­be aca­be pa­ra não nos pa­ga­rem o di­nhei­ro”.

Con­tac­ta­do pe­lo JA, An­tó­nio Lo­pes “Chiby”, trei­na­dor da Aca­dé­mi­ca do Lo­bi­to, mos­trou-se con­fi­an­te na per­ma­nên­cia, ape­sar de con­si­de­rar di­fí­cil o jo­go fren­te ao In­ter­clu­be. “Va­mos preparar a vi­a­gem a Lu­an­da com es­ta fi­na­li­da­de. Sa­be­mos que não se­rá fá­cil. Fa­re­mos tu­do pa­ra man­ter Ben­gue­la na pri­mei­ra di­vi­são”, afir­mou.

KINDALA MA­NU­EL

Ex­pe­ri­ên­cia de Mi­lex po­de ser im­por­tan­te pa­ra a for­ma­ção do ae­ro­por­to na dis­pu­ta do úl­ti­mo lu­gar pa­ra a con­ti­nui­da­de en­tre os gran­des

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.