Pin­tu­ras de Pe­dro Mam­bo re­ve­lam so­nhos re­a­li­za­dos

Jornal de Angola - - CULTURA - MÁ­RIO COHEN |

“So­nho Re­ve­la­do” é o tí­tu­lo da se­gun­da ex­po­si­ção in­di­vi­du­al de ar­tes plás­ti­cas da au­to­ria de Pe­dro Luís Mam­bo a ser inau­gu­ra­da ama­nhã, às 18h00, na ga­le­ria Tamar Golan, da Fun­da­ção Ar­te e Cul­tu­ra, na rua Rai­nha Gin­ga, em Lu­an­da.

A ex­po­si­ção, que fi­ca pa­ten­te até ao pró­xi­mo dia 23, com en­tra­da grá­tis, jun­ta um con­jun­to de 20 obras de pin­tu­ra que foi pro­du­zin­do ao lon­go dos úl­ti­mos anos.

Em “So­nho Re­ve­la­do”, o ar­tis­ta, com uma lon­ga ex­pe­ri­ên­cia, fru­to de vá­ri­as par­ti­ci­pa­ções em mos­tras co­lec­ti­vas no país, apre­sen­ta aos pú­bli­co aman­te das ar­tes plás­ti­cas obras que es­pe­lham al­guns so­nhos re­ve­la­dos du­ran­te o seu lon­gín­quo ca­mi­nho ar­tís­ti­co que tem vin­do a per­cor­rer.

Pa­ra o ar­tis­ta, ar­tes plás­ti­cas sem­pre fi­ze­ram par­te da sua vi­da des­de a ten­ra ida­de, ten­do co­me­ça­do a pin­tar mui­to ce­do, be­ben­do da ex­pe­ri­ên­cia do Mes­tre Ca­lem­ba. O pin­tor re­ve­lou que se tem ins­pi­ra­do no quo­ti­di­a­no de vá­ri­as in­di­ví­du­os lu­an­den­se pa­ra pro­du­zir as su­as obras de ar­tes.

A sua pri­mei­ra ex­po­si­ção in­di­vi­du­al foi re­a­li­zou em 2011, no ho­tel Al­va­la­de, em Lu­an­da. Três anos de­pois, par­ti­ci­pa nu­ma mos­tra co­lec­ti­va in­se­ri­do no pro­gra­ma de ac­ti­vi­da­de da se­gun­da edi­ção do Fes­ti­val Na­ci­o­nal de Cul­tu­ral, FENACULT-2014, na pin­tu­ra do mu­ral, na ave­ni­da 21 de Ja­nei­ro, no Ro­cha Pin­to. No mes­mo ano, par­ti­ci­pou na ex­po­si­ção do con­cur­so ENSA-Ar­te edi­ção 2014, re­a­li­za­do no Ca­mões - Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês, em Lu­an­da.

Em 2015, par­ti­ci­pa na ex­po­si­ção de­no­mi­na­do “30 Anos de Bal­let Na­ci­o­nal Ki­lan­du­ki­lu”. Foi um dos men­to­res do pro­jec­to “Caderno de Ar­te na Es­co­la”, ten­do par­ti­ci­pa­do na 1ª e 2ª edi­ções da ex­po­si­ção, re­a­li­za­das no me­mo­ri­al An­tó­nio Agos­ti­nho Ne­to, nos anos de 2015 e 2016.

Es­te ano, par­ti­ci­pou igual­men­te na ex­po­si­ção do “Dia da Ju­ven­tu­de”, na Ca­sa da Ju­ven­tu­de em Vi­a­na, bem co­mo na 3ª edi­ção da “Ma­ra­to­na dos Ar­tis­tas”, no Cen­tro Cul­tu­ral Bra­sil-An­go­la.

Nas­ci­do a 13 de Mar­ço de 1989, na Lun­da Nor­te, Pe­dro Mam­bo é mem­bro da União Na­ci­o­nal dos Ar­tis­tas Plás­ti­cos (UNAP).

A Ga­le­ria Tamar Golan, da Fun­da­ção is­ra­e­li­ta Ar­te e Cul­tu­ra, uma par­ce­ria en­tre a Fun­da­ções Gru­po Sic­cal (An­dra­des) e o Gru­po Mi­trel­li, é um pro­jec­to cul­tu­ral que tem co­mo ob­jec­ti­vo apoi­ar no­vos ta­len­tos na­ci­o­nais.

DR

Um dos qua­dros de pin­tu­ra de Pe­dro Mam­bo que faz par­te da sua se­gun­da mos­tra in­di­vi­du­al

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.