Pe­tro per­se­gue se­gun­do lu­gar

Equi­pa tri­co­lor pre­pa­ra clás­si­co dos clás­si­cos em ses­são à por­ta fe­cha­da

Jornal de Angola - - DESPORTO - AN­TÓ­NIO DE BRITO |

O Pe­tro de Lu­an­da re­a­li­za ho­je às 9h00, no cam­po do Ca­te­tão, um trei­no à por­ta fe­cha­da com15 mi­nu­tos re­ser­va­dos aos jor­na­lis­tas, ten­do em vis­ta a pre­pa­ra­ção do clás­si­co fren­te ao 1º de Agos­to, sábado às 15h30 no Es­tá­dio Na­ci­o­nal 11 de No­vem­bro, pon­tuá­vel pa­ra a 30ª e úl­ti­ma jor­na­da do Cam­pe­o­na­to de Fu­te­bol da I Di­vi­são, Gi­ra­bo­la Zap, de­pois de os ru­bros e ne­gros te­rem ga­ran­ti­do o tí­tu­lo na 29ª ron­da da pro­va.

Nes­ta ses­são de trei­no, Ro­ber­to Bi­an­chi vai tra­ba­lhar fun­da­men­tal­men­te os es­que­mas tác­ti­cos a uti­li­zar di­an­te dos co­man­da­dos de Dra­gan Jo­vic, com a in­ten­ção de ven­cer o jo­go, por for­ma a con­ser­var o se­gun­do lu­gar da com­pe­ti­ção.

Pa­ra que tal acon­te­ça, o trei­na­dor da for­ma­ção pe­tro­lí­fe­ra pre­pa­ra uma equi­pa for­te e ca­paz de dig­ni­fi­car o es­pec­tá­cu­lo an­te aos mi­li­ta­res do Rio Se­co, pe­lo que não vai me­xer no “on­ze” ti­po, nem na for­ma de jo­gar da equi­pa, de­pois do em­pa­te sem go­los di­an­te do Ben­fi­ca de Lu­an­da, que dei­tou por ter­ra o so­nho de dis­cu­tir o tí­tu­lo na úl­ti­ma jor­na­da com o 1º de Agos­to.

Ex­cep­ção fei­ta ao cen­tral Etah, por es­tar ado­en­ta­do, o téc­ni­co his­pa­no-bra­si­lei­ro tem à dis­po­si­ção o gros­so do plan­tel, 27 jo­ga­do­res. Nos tri­co­lo­res do Ei­xo Viá­rio, Ro­ber­to Bi­an­chi vai ter do­res de ca­be­ça pa­ra ele­ger os 18 jo­ga­do­res pa­ra a “ope­ra­ção” 1º de Agos­to. To­dos pre­ten­dem par­ti­ci­par no clás­si­co com os no­vos cam­peões, de­pois da per­ca do tí­tu­lo. “Não se­rá fá­cil es­co­lher os atle­tas pa­ra es­te im­por­tan­te de­sa­fio com o 1º de Agos­to. Só a vi­tó­ria nos res­ta, pa­ra ter­mi­nar­mos em se­gun­do lu­gar”, de­fen­deu o téc­ni­co Ro­ber­to Bi­an­chi.

Na ses­são re­a­li­za­da on­tem, Bi­an­chi foi mui­to in­ter­ven­ti­vo. Pa­rou o trei­no sem­pre que os jo­ga­do­res er­ras­sem os exer­cí­ci­os. O ti­mo­nei­ro pe­tro­lí­fe­ro fez vá­ri­as ano­ta­ções no seu blo­co de apon­ta­men­tos. De­pois do trei­no con­ver­sou com os jo­ga­do­res, pas­san­do a men­sa­gem de que a equi­pa es­tá proi­bi­da de per­der o jo­go, sob pe­na de fa­lhar a se­gun­da po­si­ção: “A me­ta é o se­gun­do lu­gar. Es­ta­mos a tra­ba­lhar du­ro. Não me pas­sa pe­la ca­be­ça per­der a po­si­ção no clás­si­co com o 1º de Agos­to”, ga­ran­tiu o trei­na­dor ao Jor­nal de Angola. Qu­es­ti­o­na­do so­bre a equi­pa mi­li­tar, o ti­mo­nei­ro dos pe­tro­lí­fe­ros ad­mi­tiu que es­pe­ra por di­fi­cul­da­des, su­bli­nhan­do que o 1º de Agos­to atra­ves­sa uma ex­ce­len­te fa­se, que cul­mi­nou com a con­quis­ta do cam­pe­o­na­to. “É uma equi­pa a res­pei­tar. Te­mos de abor­dar o jo­go com cau­te­las. O ad­ver­sá­rio es­tá bas­tan­te mo­ti­va­do, após o tí­tu­lo ga­nho”.

JOSPE SOARES

Ro­ber­to Bi­an­chi es­tá apos­ta­do na con­quis­ta da pri­mei­ra vi­tó­ria fren­te ao gran­de ri­val

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.